Barry Manilow é foco de filme produzido por Tom Hanks e Michael Stipe

Produtoras do ator e do líder do R.E.M juntam forças para filme que se baseará no repertório do cantor de "Copacabana"

Da redação Publicado em 10/09/2009, às 13h26

Barry Manilow, cantor das baladas setentistas "Mandy" e "Copacabana", será o centro das atenções em filme das produtoras Single Cell (que tem Michael Stipe, frontman do R.E.M., como sócio) e Playtone (de Tom Hanks).

Além de ter repertório explorado na obra, o intérprete vai aparecer em cena, cantando uma ou duas músicas, informou o site da revista Variety.

O filme deve seguir a linha de Simplesmente Amor, comédia romântica em que quase duas dezenas de personagens têm vida entrelaçada, com pano de fundo musical que incluiu cantoria de "All You Need Is Love", dos Beatles, durante um casamento na igreja. Descartou-se, de antemão, um enredo à la Mammia Mia!, musical baseado no cancioneiro do pop sueco do Abba.

O conceito de narrativas interligadas permanecerá, com história-base, desta vez, focada em fãs de Manilow que viajam a Las Vegas para apresentação do músico no hotel/cassino Mandalay Bay (na vida real, ele se apresenta, desde 2005, no Hilton).

Aos 66 anos, Manilow é tomado por cantor brega por alguns, mas compensa bem: já chegou a ter, nos anos 70, cinco álbuns nas paradas ao mesmo tempo, façanha para poucos (entre eles, Michael Jackson e Frank Sinatra).