Bill Cosby é indiciado formalmente por assédio sexual

Acusações remetem a suposto incidente em 2004, na Pennsylvania, Estados Unidos

Rolling Stone EUA Publicado em 30/12/2015, às 14h46 - Atualizado às 14h51

Bill Cosby
Reprodução/Facebook

A promotoria do condado de Montgomery acusou formalmente Bill Cosby conectando-o a uma situação de abuso sexual que supostamente aconteceu em 2004. O anúncio foi feito pelo escritório nesta quarta-feira, 30. Esta é a primeira vez em que o comediante de 78 anos de idade é indiciado por um crime sexual.

Veja as capas das 100 primeiras edições publicadas pela Rolling Stone Brasil.

Cosby enfrenta acusações de assédio sexual relacionadas a um incidente que os promotores dizem ter acontecido na casa do comediante, em Cheltenham, Pennsylvania (Estados Unidos). O advogado de Cosby se recusou a comentar a acusação à NBC News.

Ao anunciar as acusações, a promotoria fez referência ao depoimento dado pela vítima, uma empregada da Temple University, que disse que Cosby deu vinho e pílulas a ela sem consentimento, antes de estuprá-la. Ela informou a polícia do incidente em fevereiro de 2005.

As 15 prisões mais estúpidas do mundo da música.

O promotor anterior do condado de Montgomery anunciou no mesmo mês que não entraria com acusações contra Cosby. De acordo com o atual promotor, as evidências adicionais necessárias para acusar o comediante surgiram pela primeira vez em julho deste ano. Na Pennsylvania, o limite legal para este tipo de acusação é de 12 anos depois da data do incidente.

Cosby deve ser levado ao tribunal até o fim do dia.