Black Sabbath terá carreira homenageada pelo Grammy

O prêmio Lifetime Achievement Award também será entregue a George Clinton e a Parliament-Funkadelic, o cantor de jazz Billy Eckstine, Donny Hathaway, Julio Iglesias, o duo Sam and Dave e Dionne Warwick

Rolling Stone EUA Publicado em 22/12/2018, às 09h00

None
Ozzy Osbourne, líder do Black Sabbath (Foto: Amy Harris/AP)

A Academia de Gravação, responsável pelo Grammy, promete homenagear uma variedade de distintos gêneros musicais com o seu prêmio Lifetime Achievement Award, que celebra as conquistas dos artistas ao longo das suas carreiras.

No dia 11 de maio, em Los Angeles, serão homenageados Black Sabbath, George Clinton e a Parliament-Funkadelic, o cantor de jazz Billy Eckstine, Donny Hathaway, Julio Iglesias, o duo Sam and Dave e Dionne Warwick, de acordo com o que publicou a Variety.

Outros nomes que serão celebrados pelo Grammy são o produtor Lou Adler, os artistas e compositores Ashford e Simpson e o compositor Johnny Mandel. Saul Walker, que foi responsável por grande inovações nas tecnologias de gravação, também será celebrado.

O Black Sabbath realizou há pouco sua última turnê pelo mundo e cada um dos fundadores da banda se dedicam a seus projetos solo. Ozzy Osbourne, por exemplo, está novamente rodando o planeta na tour No More Tours 2 Tour.

George Clinton também está se despedindo dos anos de estrada.

Por outro lado, Julio Iglesias e Dionne Warwick ainda se apresentam, ocasionalmente, e Lou Adler segue produzindo. Já Mandel, que tem 93 anos e já trabalhou com Frank Sinatra, Barbra Streisand e Count Basie, arranjou o disco de Tony Bennett chamado The Art of Romance, de 2004, e Love is the Answer, de Barbra Streisand, em 2009.