Blur não deve manter reunião

Alex James, baixista da banda, afirmou que "nada foi mencionado" além dos shows já realizados este ano

Da redação Publicado em 24/07/2009, às 18h20

A recente reunião do quarteto inglês Blur pode estar com os dias contados. Em entrevista ao site da BBC News, o baixista Alex James declarou que o retorno da banda não é definitivo - e que não há planos de entrar em estúdio para gravar novo material.

A volta oficial do grupo se consolidou em junho e incluiu uma apresentação no palco principal do festival Glastonbury. "Não foi mencionada a ideia de fazer outra coisa além disso [as apresentações recentes]", afirmou James. "Isso foi o que dissemos que íamos fazer e fizemos e foi ótimo."

Para o baixista, o show foi o melhor que já fizeram. "Eu não fui capaz de conter a alegria que isso trouxe a todos nós. Foi muito, muito emocionante. Foi tudo o que nós esperávamos e muito mais."

O Blur anunciou a formação original, sete anos após a saída do guitarrista Graham Coxon, e, desde então, anunciou lançamentos de discos - nada de inéditas - e até DVDs. A banda até aderiu ao YouTube para dar uma prévia dos ensaios para os shows de retorno. Mas Coxon já havia adiantado que o grupo não pretendia lançar um novo álbum.