BNegão “pra frentex” lança segundo disco

Quase dez anos após o álbum de estreia com Os Seletores de Frequência, músico volta renovado e próximo ao público em Sintoniza Lá

Lucas Reginato Publicado em 21/07/2012, às 15h50 - Atualizado às 15h51

BNegão e Os Seletores de Frequência
Divulgação

Foram quase dez anos desde o lançamento de Enxugando o Gelo, álbum de estreia de BNegão e Os Seletores de Frequência. A demora, segundo o vocalista, tem diversos motivos, entre eles “excesso de trabalho”, “a vida de pai de família” e a “falta de patrão para ficar cobrando horário”. Mas Sintoniza Lá ficou pronto, e o tempo entre os CDs contribuiu para que fosse registrada neste novo trabalho uma sonoridade diferente, mas sem deixar de lado a irreverência e originalidade que acompanham a carreira do cantor desde os tempos de Planet Hemp.

Agora, as batidas eletrônicas deixaram de ser o centro das atenções do grupo. O segundo disco é completamente orgânico, “mais África”, como diz o músico. “É ritmicamente diferente. Este novo álbum é mais parecido com o show, é mais ‘pra frentex’”, diz, em seu peculiar jeito de informalizar todos os temas. Sintoniza Lá tem, de forma mais resumida, a cara de BNegão. As faixas são quase todas contempladas pela poesia urbana que zomba do politicamente correto, e que consegue a façanha de ser sóbria sem ser moralizante.

“A diferença entre uma festa de bacana e uma festa bacana não é mero detalhe”, diz o trecho da música “Essa É Pra Tocar no Baile”, síntese do álbum, em uma mistura de metais, um riff de guitarra inquieto e o canto falado do vocalista, que parece ter definitivamente encontrado a forma de explorar sua individualidade e a dos demais integrantes. Afinal, foi assim que surgiu a banda, segundo ele mesmo conta. “BNegão e Os Seletores de Frequência nasceu na verdade da vontade de fazer um projeto solo. Mas quando terminamos o primeiro álbum eu percebi que aquilo era um CD de banda, e pedi para que colocasse ‘Os Seletores de Frequência’ na capa”, lembra. O disco saiu em 2003, mas BNegão afirma que as músicas só começaram a chegar ao público três anos depois, e “a parada só fez crescer até hoje”.

O primeiro clipe deste trabalho, “Alteração (ÉA!)”, estreia na MTV neste sábado, 21 (veja o teaser abaixo). Se o reconhecimento em relação ao primeiro disco demorou para chegar, é improvável que o mesmo aconteça desta vez. BNegão e os Seletores de Frequência é um nome cada vez mais constante e o som do novo disco é mais acessível ao grande público. Mas que não sejam necessários outros dez anos para um próximo lançamento.