Bob Dylan expõe suas primeiras pinturas em Londres

Preços das obras do cantor chega a mais de R$ 1 milhão

Da redação Publicado em 11/02/2010, às 16h33

O quadro Train Tracks é o mais caro da exposição e custa mais de R$ 1 milhão

Ver Galeria
(4 imagens)

O cantor norte-americano Bob Dylan apresenta seus primeiros quadros no próximo sábado, 13, na Galeria Halcyon, em Londres. A exposição Bob Dylan on Canvas encerra uma etapa de sua carreira pictórica.

As obras pertencem à última fase da primeira série de telas de Dylan, The Drawn Blank Series, e foram criadas em 2007, a partir de desenhos e esboços que o artista realizou em sua turnê pela América do Norte, Europa e Ásia, entre 1989 e 1992.

As pinturas apresentam temas e lugares de suas canções - desde um quarto de hotel, trilhos de trem, até figuras femininas. O artista diz que não quer fazer crítica social ou "satisfazer a visão de alguém", mas simplesmente encontrar um tema e pintar, segundo informações do site da Galeria Halcyon.

"Desenho o que me interessa e depois faço a pintura. Fileiras de casas, pomar, linhas de troncos de árvores. Poderia ser qualquer coisa. Posso tomar uma taça de frutas e transformá-lo em um drama de vida e morte. Também posso pintar quem vive em comunidades, e pessoas da burguesia", explicou o cantor.

Paul Green, presidente da galeria, disse que Dylan tem um estilo totalmente próprio e, como muitos artistas, é um multitalento. "A exposição comprova como a obra do artista evoluiu, do papel para a tela, e é o prelúdio da fase seguinte de Dylon como pintor, chamada Brasil", acrescentou.

Os preços dos quadros da exposição Bob Dylan on Canvas oscilam entre U£ 95 e U£ 450 mil (R$ 276 mil e R$1,305 milhões). A peça mais cotada, intitulada Train Tracks, um quadro com trilhos de trem que desaparecem no horizonte, está avaliada no preço mais alto da mostra.