Casseta & Planeta volta ao ar reformulado

“Faremos um programa temático, que irá fundo em diversos temas”, conta Beto Silva sobre a atração, que retorna à TV nesta sexta, 30

Murilo Basso Publicado em 30/03/2012, às 13h45 - Atualizado em 31/03/2012, às 01h51

Casseta & Planeta, Vai Fundo
TV GLOBO / Zé Paulo Cardeal

Após surpreenderem com a decisão de encerrar uma trajetória de 18 anos na televisão, os humoristas do Casseta & Planeta retornam à grade da Rede Globo nesta sexta-feira, 30, com uma versão repaginada do programa. Agora com Vai Fundo no lugar de Urgente no título, a intenção é explorar ao máximo um tema específico dentro de cada episódio.

Leia textos das edições anteriores da Rolling Stone Brasil – na íntegra e gratuitamente!

Para Beto Silva, integrante da trupe há 23 anos e famoso por personagens como Wanthuyrson, mesmo com a mudança na estrutura do programa e alterações em algumas parcerias, o espírito permanece quase inalterado. Mas o maior interesse do grupo, agora, não está no factual, e sim nas diferentes abordagens possíveis para cada assunto que será retratado. “Faremos um programa temático, que irá fundo nesses temas”, Silva explica. “O programa desta sexta é sobre celebridades. Os próximos serão sobre amor, preconceito. Enfim, trabalharemos os mais diversos temas.”

Serão 12 capítulos exibidos durante o primeiro semestre e mais oito ao longo do segundo. Silva acredita que a principal diferença está no processo de produção: Casseta & Planeta, Urgente era gravado semanalmente, já a nova versão é produzida com antecedência e será complementada com referências atuais.

Outra característica de Casseta & Planeta Vai Fundo é que a direção geral está sob o comando do grupo. “Estamos descobrindo questões mais técnicas. Agora temos uma liberdade artística maior no sentido de que somos nós quem comandamos, nós quem decidimos. Não que antes nós não participássemos das decisões, mas agora somos só nós.”

Beto Silva explica que essa liberdade trouxe a oportunidade de o grupo realizar as mudanças necessárias. Na nova versão, Silva, Cláudio Manoel, Marcelo Madureira, Hubert, Reinaldo e Hélio de La Peña terão a companhia de Miá Mello (ex-Legendários), Maria Melilo (BBB) e do humorista Gustavo Mendes. “Quando nós demos uma pausa, queríamos mudar algumas coisas. Conversamos com a Maria Paula e foi super tranquilo, continuamos amigos. No momento, ela está se dedicando a outras coisas”, conta, confirmando que a saída dela foi uma decisão do grupo.

Retorno às ruas

Além dos personagens Seu Creyson, Acarajette Lovve (na foto, interpretada por Silva) e Carlos Maçaranduba, as sátiras de novelas também estão descartadas do novo formato. “Estamos voltando muito para a rua, que é algo que já fazíamos no início. É uma forma de marcar uma diferença: abandonamos todos os personagens que tínhamos para que possam surgir novos personagens”, explica Beto. “Na verdade, já tínhamos abandonado alguns, como o Seu Creysson e a Acarajette. Tinham vida por um tempo e eles mesmos paravam naturalmente. Espreme tanto que depois não tem mais suco.”

Além disso, cada programa contará com participações musicais, em videoclipes com canções inéditas. Nomes como Seu Jorge, Latino, Arlindo Cruz e Preta Gil já gravaram com os comediantes. E se Casseta & Planeta, Urgente lembrava uma revista semanal, a nova versão pretende pegar de surpresa os temas relevantes do momento. “Não mudou muita coisa no humor desde que paramos, mas acredito que exista uma evolução natural”, acredita Silva. “Hoje vamos conseguir sair mais do estúdio. Se tem algo que eu sempre gostei de fazer é humor em lugares como praça de alimentação.”