Chris Brown cancela show após protestos por agressão a Rihanna

Cantor ficou desconfortável com a situação e desistiu de apresentação na Guiana, que aconteceria no dia 26 de dezembro

Rolling Stone EUA Publicado em 23/11/2012, às 14h02 - Atualizado às 14h50

Chris Brown
Reprodução / Facebook oficial

Chris Brown cancelou um show que faria em estádio na Guiana depois que locais fizeram protestos lembrando a agressão em sua então namorada Rihanna no ano de 2009, segundo noticou a agência Associated Press. O rapper estava confirmado como atração no dia 26 de dezembro, mas grupos que lutam pelos direitos das mulheres e advogados se opuseram ao evento, afirmando que o norte-americano não é bem-vindo no país. A produtora Hits and Jams Entertainment confirmou que Brown desistiu da apresentação por estar desconfortável com a situação.

Leia textos das edições anteriores da Rolling Stone Brasil – na íntegra e gratuitamente!

A agressão em 2009 rendeu ao cantor sentença de cinco anos em regime aberto e prestação de serviços comunitários. Sua relação com Rihanna, no entanto, parece não ter sido tão abalada – os dois recentemente gravaram a faixa “Nobody’s Business” para o novo álbum da cantora, Unapologetic.

No início de novembro Chris Brown sofreu problemas pelo mesmo motivo para se apresentar na Irlanda. O trio local Original Rudeboys, que abriria o show, recusou o convite por lembrar do incidente com Rihanna e informar que iriam “mandar a mensagem errada aos fãs”.