Benny Boom, renomado diretor de videoclipes, assume cinebiografia de Tupac

O norte-americano prometeu fazer com que o filme esteja à altura do legado do rapper

Rolling Stone EUA Publicado em 01/12/2015, às 13h55 - Atualizado às 15h14

Tupac Shakur
Reprodução/Facebook

Oito meses depois que John Singleton (Quatro Irmãos e Os Donos da Rua) deixou a direção da cinebiografia de Tupac Shakur e 30 dias após o silencioso distanciamento do substituto Carl Franklin (House Of Cards), a produção do filme anunciou um novo nome para comandar o longa. O escolhido é o norte-americano Benny Boom, um experiente diretor de clipes musicais.

Galeria - As dez maiores brigas da história do rap.

Boom, no entanto, terá de lidar com um complicado prazo: caso o filme não comece a ser rodado até o fim deste ano, os direitos de utilização das músicas do rapper no cinema retornarão para Afeni Shakur, mãe de Tupac, como noticiou o The Hollywood Reporter.

Ouça três faixas do musical inspirado nas músicas de Tupac Shakur.

“Estou lisonjeado com essa oportunidade”, escreveu o diretor no Instagram em uma postagem acompanhada por uma foto do rapper. “Contar a história desse revolucionário artista será ótimo! Vou fazê-lo orgulhoso e honrar a obra dele.”

Que artistas deveriam voltar aos palcos em hologramas?

Benny Boom dirigiu clipes de artistas como Nicki Minaj ("Pound the Alarm" - 2012), Nas ("Made You Look" - 2002), 50 Cent ("Straight to the Bank" - 2007) e Pussycat Dolls ("Beep" - 2006).

I am blessed with the opportunity of a lifetime. Telling the story of this revolutionary, artist, visionary, genius, soldier! I will make him proud and uphold the legacy. ????

Uma foto publicada por @boomlife em