Cinema itinerante movido a energia solar visita cidades onde a sétima arte não chega

O projeto Cinesolar fará três circuitos, passando por cerca de 75 municípios e mostrando obras como O Palhaço, de Selton Mello

Redação Publicado em 19/08/2017, às 10h14

Projeto Cinesolar

Ver Galeria
(2 imagens)

O projeto Cinesolar, iniciativa brasileira de cinema itinerante que usa energia solar para projetar longas em cidades do interior do país, fará três circuitos em 2017, passando por cerca de 75 cidades dos estados do Ceará, Goiás, Minas Gerais, Pará, Paraná, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo.

A ação, que existe desde 2013, utiliza energia limpa e renovável para exibições de filmes. Uma van equipada com placas solares possibilita, através de um sistema conversor de energia solar para elétrica, a exibição de filmes e apresentações artísticas. O veículo tem 100 assentos para o público, além de um telão de 200 polegadas, sistema de projeção e som e até um estúdio de gravação.

Quando chega a cada município, a estrutura toda da van é descarregada e o cinema é montado em lugares como praças públicas e quadras esportivas, principalmente em regiões como comunidades, aldeias indígenas e até mesmo cidades que não têm energia elétrica. A ideia é promover o primeiro contato das pessoas com a sétima arte.

As sessões de cinema começam com exibições de curtas-metragens com temáticas sustentáveis. Depois, é exibido o filme principal, dentre os quais estão Cine Holliúdy, dirigido por Halder Gomes, e O Palhaço, de Selton Mello. Neste sábado, 19, o projeto está em Itarema/CE, onde será mostrado o documentário O Milagre de Santa Luzia, uma homenagem a Dominguinhos.

Durante os eventos acontece também a Eco Estúdio Solar - exposição tecnológica sustentável, com apresentação da van Cinesolar e do projeto como um todo. Dentro da van, infográficos e monitores mostram como funciona o carro e são passadas informações sobre os princípios básicos da energia solar.

Na maioria dos municípios é realizada também no período da manhã ou da tarde, a Oficinema Solar, uma oficina de cinema voltada para jovens estudantes. O filme produzido é então exibido à noite, junto aos curtas e o longa-metragem.

Veja a programação completa no site do Cinesolar.