Lollapalooza 2013 começa com sol e poucas filas na entrada

Espera maior enfrenta quem deixou para comprar os ingressos nesta sexta, 29

Lucas Reginato Publicado em 29/03/2013, às 14h23 - Atualizado em 02/04/2013, às 19h56

No início do festival, as filas não eram assustadoras.

Ver Galeria
(4 imagens)

Começou a edição de 2013 do Lollapalooza em São Paulo. As primeiras bandas do festival já começam a testar as caixas de som do evento. Os chilenos do Perrosky e os brasileiros do Holger, por exemplo, fizeram os primeiros acordes do festival para um público ainda pequeno e que tenta se encontrar diante da grande estrutura montada no Jockey Club.

Lollapalooza 2013: leia entrevistas com alguns dos principais artistas internacionais do festival.

O público chega aos poucos. Por volta das 13h30, filas pequenas se concentravam nos portões destinados aos que chegam a pé. A maior delas é no Portão 6, o mais perto da estação de metrô Butantã – mas por enquanto está bem organizada e sem grandes confusões. As maiores filas enfrentam aqueles que deixaram para comprar o ingresso na hora. São duas as bilheterias e ambas com um número significativo de gente esperando.

Neste começo de tarde, o sol esquentava bastante o Jockey Club, mas o público mesmo assim não conseguiu escapar da lama. A chuva da manhã desta sexta, 29, deixou alguns espaços de barro no gramado e dificulta a travessia da pista equestre localizada entre a entrada e os palcos. Nada, entretanto, que possa por ora atrapalhar muito o público.