Criador de Zelda e Mario anuncia aposentadoria de grandes franquias

Shigeru Miyamoto declarou que irá focar em projetos menores, afirmação que levou à queda de ações da Nintendo na bolsa de valores na última quinta, 8

Redação Publicado em 10/12/2011, às 09h35 - Atualizado às 10h38

Shigeru Miyamoto
AP

Criador de personagens clássicos dos games da Nintendo, como Mario e Zelda, Shigeru Miyamoto declarou que está se aposentando das grandes franquias da marca, para se dedicar a projetos alternativos e menores. As informações são da revista Wired.

Leia textos das edições anteriores da Rolling Stone Brasil – na íntegra e gratuitamente!

"O que eu realmente quero fazer é estar à frente do desenvolvimento [de games] novamente", disse Miyamoto, cujos último game em que trabalhou foi Legend of Zelda: Skyward Sword, lançado este ano para o console Wii e uma das maiores franquias da Nintendo. "Provavelmente, trabalhar num projeto menor com desenvolvedores mais jovens. Ou posso me interessar por fazer algo que eu mesmo possa fazer, algo realmente pequeno."

A entrevista de Miyamoto não repercutiu bem entre os investidores da Nintendo, fazendo com que, pela manhã da última quinta, 8, as ações da marca despencassem 2%. Um porta-voz da marca justificou a entrevista, dizendo que "parece que houve um mal-entendido. Ele sempre disse que queria treinar a geração mais jovem. Ele não tem nenhuma intenção de deixar a empresa. Por favor, não se preocupem."

"A razão pela qual eu estou fazendo isso é que, a não ser que eu diga que estou me aposentando, eu não posso incentivar jovens desenvolvedores", disse Miyamoto na entrevista, reforçando a justificativa da Nintendo.