Dave Grohl e Krist Novoselic tocam faixa do Nirvana em show

Pat Smear também subiu ao palco com a dupla para executar “Marigold”, em apresentação secreta do Foo Fighters nesta terça, 21, em Los Angeles

Da redação Publicado em 22/12/2010, às 16h54

Setlist do show secreto do Foo Fighters

Ver Galeria
(2 imagens)

Atualizada no dia 22 de dezembro, às 16h49

Reunião dos integrantes remanescentes do Nirvana em show. Segundo informou o site Grunge Report, o baixista Krist Novoselic e Dave Grohl estiveram juntos no palco e executaram uma das faixas do lendário grupo, em apresentação secreta do Foo Fighters nesta terça, 21. O evento aconteceu no clube Paladinos, em Los Angeles, na Califórnia. Junto a ele e a Grohl, esteve também Pat Smear, que entrou para o Nirvana no segundo semestre de 1993 (ele pode ser visto no MTV Unplugged da banda) e é parte do Foo Fighters. Aproveitando a reunião, eles executaram "Marigold" com Smear na guitarra, Grohl na bateria e no vocal, e Krist no baixo.

Desde o suicídio de Kurt Cobain, em 1994, esta foi a primeira vez que os ex-integrantes tocaram uma faixa da banda juntos em um show. Vale comentar que na gravação em estúdio de "Marigold" (lançada como lado-b do single da música "Heart-Shaped Box"), Kurt aparece apenas fazendo backing vocal, com o próprio Grohl liderando o microfone.

Foo Fighters

Durante o show, além dos hits, o Foo Fighters executou uma série de faixas inéditas, segundo informou o site Hollywood Reporter. Entre elas estão "Dear Rosemary", "White Limo" e "Back and Forth". No que diz respeito a esta última música, segundo fontes, Grohl disse aos fãs que o próximo álbum da banda deverá também receber o mesmo nome. Além de "Marigold", Novoselic tocou com o Foo Fighters "I Should Have Known", outra música que integra a tracklist do disco de inéditas, do qual participa, que será lançado no próximo ano.

O disco tem produção de Butch Vig, que esteve envolvido também em Nevermind, do Nirvana. "Sentar com Butch e Kris em frente aos alto-falantes pela primeira vez em 20 anos foi mais que um momento musical para mim", diz Grohl, em entrevista à Rolling Stone EUA. "Foi uma experiência que completou um ciclo, embora a intenção não seja reviver o que aconteceu duas décadas atrás. É conseguir a aceitação daquilo."

As gravações aconteceram na garagem de Grohl, com equipamentos analógicos. "Pegamos toda aquela merda de Pro Tools e enfiamos no armário", disse. "Então tiramos o pó de nosssas máquinas de fita de 24 canais e colocamos na minha pequena garagem, onde normalmente guardo minhas motos." Novoselic, que toca baixo e acordeão em "I Should Have Known" decidiu participar do disco após uma ligação de Grohl. "É isso que amigos fazem", contou. "O cara pilota a porra do próprio avião. Se você o quer em Los Angeles, ele estará lá em três horas."