Dead Man's Bones, do ator Ryan Gosling, lançará primeiro álbum

Disco previsto para outubro terá "melodias assombrosas contando histórias de zumbis com corações partidos"; gravadora será a mesma de Tom Waits e Mutantes

Da redação Publicado em 09/07/2009, às 15h15

Parceria entre o ator Ryan Gosling e Zach Shields, o duo Dead Man's Bones fechou contrato para o álbum de estreia. O trabalho será entregue às prateleiras no dia 6 de outubro, pela Anti-Records.

O aviso veio por meio do site da gravadora, que tem sob seu guarda-chuva artistas como Tom Waits, Nick Cave and the Bad Seds e Mutantes. Até então, os dois tinham selo próprio, o Werewolf Heart Records.

A nota afirma que o disco será nomeado com o nome da banda - antes disso, o site Pitchfork anunciava que a estreia do duo seria batizada como Never Let a Lack of Talent Let You Down ("nunca deixe a falta de talento deixar você para baixo").

O Dead Man's Bones, que em português quer dizer "ossos do homem morto", já tem dois vídeos musicais: "Name in Stone" e "In the Room Where You Sleep" (confira abaixo). Segundo descrição no MySpace, a sonoridade pode ser catalogada nos gêneros gótico/ gospel/ showtune - lá fora, o projeto tem levantado comparações com Arcade Fire e Bryan Ferry.

A parceria não deveria resultar em álbum - para falar a verdade, a indústria fonográfica nem estaria nos planos iniciais de Gosling e Shields. A intenção era fazer a trilha sonora para uma peça sobre a história de amor entre monstros e fantasmas. Em 2005, os dois teriam se conhecido - e descoberto a paixão mútua por fantasmas. Decidiram fazer o espetáculo, mas "os custos ficaram proibitivos". Como já teriam músicas escritas, levaram o Dead Man's Bones adiante. Essa, ao menos, é a versão oficial da história.

Segundo o comunicado publicado no site da Anti-Records, os dois assumem todos os instrumentos que aparecerão no álbum, "mesmo os que nunca tocaram antes". A dupla também teria adotado regras incomuns no meio fonográfico. Não repetem uma faixa mais de três vezes, por exemplo - assim, deixam "qualquer imperfeição destaca o poder da música". Também terão ajuda do coro infantil do Conservatório de Silverlake (de Los Angeles, Califórnia). Tudo para criar "coleção de faixas sobre lobisomens; melodias assombrosas contando histórias de zumbis com corações partidos; crianças cantando as alegrias e dores de se estar vivo ou morto".

O blog The Playlist informa que a carreira musical pode atrapalhar a reunião de Gosling com Craig Gillespie, que o dirigiu em A Garota Ideal (indicado ao Oscar de melhor roteiro original em 2008). Ator e cineasta anunciaram, no início do ano passado, o filme The Dallas Buyer's Club. Além do comprometimento de Gosling com o lançamento de outubro, Gillespie também não parece ter tempo livre na agenda: está, ataulmente, envolvido com a segunda temporada de United States of Tara, série criada por Diablo Cody - a roteirista que levou o Oscar de melhor roteiro original por Juno, no mesmo ano em que A Garota Ideal estava no páreo.

Veja, respectivamente, os clipes de "Name in Stone" e "In the Room Where You Sleep":

DEAD MAN'S BONES - "NAME IN STONE" from biz3 publicity on Vimeo.