Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone
Notícias / Inteligência Artificial

Deepfake com rosto de Taylor Swift preocupa a Casa Branca

AG-AFTRA também se pronunciou sobre as imagens explícitas feitas com o rosto da cantora: 'devem ser tornadas ilegais', disse o sindicato

Taylor Swift (Foto: Matt Winkelmeyer/Getty Images)
Taylor Swift (Foto: Matt Winkelmeyer/Getty Images)

Taylor Swift está sendo vítima de montagens feitas com isso de deepfake. Imagens sexualemente explícitas com o rosto da cantora, geradas por meio de inteligência artificial,  foram colocadas na internet. O caso preocupa a Casa Branca que disse que o Congresso deveria considerar uma legislação para lidar com as imagens falsas e abusivas que estão se proliferando online.

Há ainda uma pressão para que as redes sociais tomem medidas para impedir que imagens dessa natureza sejam propagadas, segundo a secretária de imprensa da Casa Branca, Karine Jean-Pierre, que falou nesta sexta, 26.

+++LEIA MAIS: Taylor Swift pode impactar eleições dos Estados Unidos? Veja números

O sindicato dos atores, SAG-AFTRA também se manifestou sobre o acontecido, classificando as imagens como "perturbadoras, prejudiciais e profundamente preocupantes." “O desenvolvimento e disseminação de imagens falsas — especialmente aquelas de natureza obscena — sem o consentimento de alguém deve ser considerado ilegal”, disse o sindicato, ao mesmo tempo que apelou ao apoio à Lei de Prevenção de Deepfakes de Imagens Íntimas do congressista Joe Morelle para combater a prática.

“Como sociedade, temos o poder de controlar estas tecnologias, mas temos de agir agora, antes que seja tarde demais. Apoiamos Taylor e mulheres de todo o mundo que são vítimas deste tipo de roubo da sua privacidade e do direito à autonomia,” declarou o sindicato.

+++LEIA MAIS: Critics Choice Awards: Ator de 'O Urso' agradece Taylor Swift em discurso; entenda