Pulse

Depois de seis anos, Nasi e Edgard Scandurra reviverão o Ira! com show beneficente em São Paulo

Vocalista e guitarrista voltaram a se falar nos últimos meses e mostrarão músicas da discografia da banda de rock paulistana; show ainda terá a participação de Paulo Ricardo, líder do RPM

Redação Publicado em 02/10/2013, às 17h44 - Atualizado às 17h59

Galeria – Separações mais conturbadas do rock- Ira!
Divulgação / Louise Chin

Edcard Scandurra e Nasi, duas figuras centrais do Ira!, uma das mais importantes bandas de rock de São Paulo desde os anos 80, finalmente voltarão ao palco, juntos, para uma apresentação beneficente. O valor dos ingressos será revertido para os bolsistas da Escola Nane - Novo Ângulo, Novo Esquema.

As 15 separações mais conturbadas do rock.

O encontro, marcado para o dia 30 de outubro, às 19h, no Traffô Espaço de Eventos, terá um fator histórico por registrar o reencontro de ambos, no palco, pela primeira vez em seis anos, desde o fim da banda, em 2007. O show ainda tem participações especiais de Paulo Ricardo, do RPM, e, possivelmente, do cantor e compositor Arnaldo Antunes.

Reuniões: 20 bandas que gostaríamos que voltassem.

Scandurra e Nasi executarão um repertório exclusivamente formado por canções do Ira!. Eles terão ao lado a presença de Daniel Scandurra (baixo) e Felipe Mello (bateria), dois músicos que acompanham o guitarrista no projeto solo.

O Ira! terminou de forma traumática. De acordo com o que o guitarrista Edgard Scandurra disse à Rolling Stone Brasil, em 2007, o trágico fim se deu após uma desavença entre Nasi e o irmão dele, Airton Junior, também empresário do grupo.

A partir de 8 de setembro daquele ano, o Ira! tornou-se um trio. Pouco depois, Scandurra, Ricardo Gaspa e André Jung mudaram o nome da banda para O Trio, que também não durou muito e cada integrante seguiu em carreira solo.

Os dois músicos voltaram a se falar nos últimos meses e a parte final da reconciliação é o reencontro no palco, promovido por Scandurra, que convidou o antigo companheiro para fazer esta participação especial.

Os ingressos custam de R$ 120 (mulher) a R$ 180 (homem) e estão à venda na bilheteria do local. A entrada dará direito a comidas de boteco e bebidas à vontade. A escola Nane atende crianças com dificuldade de aprendizado.