Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone

Deputada Erika Hilton inclui T4F e shows de Taylor Swift em investigação contra ação de cambistas

Em sites de revenda, ingressos para pista comum chegam a R$ 2 mil

Fernanda Decaris (@ferdecaris)

por Fernanda Decaris (@ferdecaris)

fernanda.decaris@rollingstone.com.br

Publicado em 12/06/2023, às 17h58 - Atualizado às 18h34

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Taylor Swift (Foto: divulgação)
Taylor Swift (Foto: divulgação)

A deputada Erika Hilton pediu ao Ministério Público que investigue ocorrências da venda de ingressos para shows da Taylor Swift no Brasil, que ocorreu na manhã desta segunda (12). O escopo da investigação já existente inclui os shows da banda mexicana RBD e a plataforma Eventim.

Há relatos de cambismo, casos de violência envolvendo cambistas e até suspeitas de serviços digitais voltados à "furar filas" virtuais pra compra de ingressos. Tudo isso fere os direitos do consumidor, e se já há uma investigação do MP ocorrendo sobre o tema, cabe sua ampliação," escreveu a deputada no Twitter. 

As vendas online para os shows de Taylor Swift em São Paulo e Rio de Janeiro começaram hoje às 10h. Fãs relataram suspeitas de serviços digitais voltados a "furar filas" virtuais para compra de ingressos.Durante a madrugada, a polícia foi acionada para conter tumultos na fila física em São Paulo, houve denúncias de cambistas tentando furar fila. 

+++ LEIA MAIS: Taylor Swift: Pré venda esgota em menos de 40 minutos e fila chega a 1 milhão de pessoas simultâneas

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!