Designer afirma que agência de publicidade “roubou” desenho dele para fazer pôster de Oldboy, de Spike Lee, e o diretor responde

Juan Luis Garcia escreveu uma carta pedindo ajuda ao cineasta, que considerou um “golpe baixo” da parte do designer ter escrito para ele

Redação Publicado em 28/11/2013, às 21h40 - Atualizado às 23h11

Oldboy
Reprodução

O designer Juan Luis Garcia escreveu uma carta aberta, publicada por diversos sites, como o da revista The Hollywood Reporter, para o diretor Spike Lee, que está no Brasil, conforme você leu aqui. Segundo Garcia, a agência de publicidade que está promovendo o filme do cineasta Oldboy – Dias de Vingança (que já estreou lá fora e chega aos cinemas brasileiros dia 13 de dezembro) usou conceitos criados por ele sem permissão ou pagamento.

"Eu sei que vai entender minha história de um artista tentando viver dignamente”, disse ele na carta publicada em seu site oficial, na qual pede ajuda ao cineasta. “Às vezes é difícil e parece impossível porque todo mundo quer que você trabalhe de graça ou em troca de exposição."

Ele explica que ele chegou a criar designs para o pôster do filme a pedido da agência, mas que não chegou a fechar negócio porque a agência fez uma “oferta insultante de tão baixa”. "Tentei negociar, mas eles se recusaram. Eu ganho esse mesmo tanto de dinheiro em um só dia como assistente de fotografia e tinha trabalhado nos desenhos por quase exclusivamente por dois meses.”

De acordo com o THR, a comunidade de designers encheu a caixa de entrada de Garcia de mensagens de apoio depois que a carta foi publicada. “Isso parece acontecer com frequência demais e simplesmente não é certo”, disse ele ao veículo.

Lee, por sua vez, respondeu por Twitter, quando soube da notícia: “Eu nunca ouvi falar desse cara Juan Luis Garcia. Se ele tem algum problema com alguém, não é comigo. Eu não o contratei. Foi um golpe baixo ele ter escrito para mim”.