Diretor de O Espetacular Homem-Aranha fala das dificuldades de adaptação da HQ para a telona

Marc Webb diz que o maior desafio “foi criar algo engraçado e extravagante, mas ao mesmo tempo emocionante”

Redação Publicado em 17/04/2012, às 19h15 - Atualizado em 18/04/2012, às 14h57

None
AP

Em entrevista ao site Yahoo! Movies, o diretor Marc Webb contou algumas coisas sobre o desafio de adaptar as HQs para o cinema em O Espetacular Homem-Aranha. Segundo ele, a maior dificuldade foi “criar algo engraçado e extravagante, mas ao mesmo tempo emocionante”.

Leia textos das edições anteriores da Rolling Stone Brasil – na íntegra e gratuitamente!

“A parte mais complicada é fazer tudo soar razoável apesar de ele estar se balançando pelas ruas e ser capaz de coisas de que nenhum outro humano é capaz. Ao mesmo tempo, encher o saco dele quando ele se relaciona com a tia e com a namorada e todas essas coisinhas bobas com as quais nós todos temos que lidar, quando não temos uma máscara.”

Sobre a química imediata entre Andrew Garfield e Emma Stone, ele falou: “fizemos o teste com eles juntos e ela é muito engraçada e rápida”, conta afirmando que eles nem se conheciam antes, mas se entenderam logo por causa dessas características de Stone.

Webb ainda falou da importância de ter Peter Parker em um ambiente colegial. “Tem um quê adolescente em muito de Homem-Aranha [os quadrinhos]. Gosto bastante disso e acho importante em termos de DNA do personagem. Ele é como um cara imperfeito”, argumenta.