Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone
Notícias / Framboesa de Ouro

Diretor de Ursinho Pooh: Sangue e Mel está 'surpreso' que o filme seja comparado a Hollywood

A história de terror baseada no personagem infantil foi um dos destaques da última edição do Framboesa de Ouro, com cinco vitórias

Ursinho Pooh: Sangue e Mel (Foto: Reprodução/ITN Films/Jagged Edge Productions)
Ursinho Pooh: Sangue e Mel (Foto: Reprodução/ITN Films/Jagged Edge Productions)

Rhys Frake-Waterfield, o diretor de cinema por trás de Ursinho Pooh: Sangue e Mel (2023) comentou o destaque no longa-metragem no Framboesa de Ouro — famoso por comentar as piores obras e performances do ano. O filme foi o grande destaque da edição, levando para casa as categorias de Pior Filme, Pior Direção, Pior Roteiro, Pior Dupla e Pior Remake/Rip-Off/Sequência.

No longa-metragem, o urso se une ao companheiro Leitão e passam a orquestrar ataques sanguinários.“Estou surpreso que nosso filme de micro orçamento esteja sendo comparado a Hollywood, mas mesmo assim não me importo com a honra duvidosa, pois me coloca no mesmo grupo dos diretores cujo trabalho admiro tanto”, disse Frake-Waterfield à Variety.

+++LEIA MAIS: Ursinho Pooh: Sangue e Mel é o grande vencedor do Framboesa de Ouro 2024

O Framboesa de Ouro geralmente visa os fracassos e fracassos caros dos estúdios e das estrelas da lista A, mas — como observa Frake-Waterfield — ao concentrar sua atenção em Ursinho Pooh: Sangue e Mel, ele escolheu um filme feito com menos de US$ 50.000, consideravelmente menos do que o orçamento médio de catering de seus colegas indicados.