Disco de Kanye West pode ter segunda parte, diz Rick Rubin

Produtor revelou que Yeezus é apenas metade do trabalho que fez com o rapper

Rolling Stone EUA Publicado em 28/06/2013, às 11h29 - Atualizado às 19h05

Rick Rubin
AP

Quando Kanye West pediu a Rick Rubin ajuda para concluir o disco Yeezus, o veterano produtor não achou possível dentro da data estipulada pelo rapper. “Para mim, parecia impossível o que ele pedia”, disse Rubin ao The Daily Beast. “Lembro que não me sentia bem aquele dia, e pensava: ‘É a música que está me deixando doente? Não me sinto bem sobre isso’.”

Depois que Kanye entregou um material bruto do álbum que Rubin achou que fosse para o próximo ano, o produtor passou duas semanas agitadas para ajudar o rapper a terminar o disco dentro do prazo que se encerrava em apenas cinco semanas. “Trabalhamos cerca de 15 ou 16 dias, com horas extras, sem descanso. Estava em pânico o tempo todo”, disse.

O álbum bruto tinha cerca de três horas e meia de duração, disse Rubin, e West tinha a intenção de fazer 16 faixas. Rubin sugeriu que esta quantidade diminuísse. “Naquele primeiro dia, antes mesmo de que ele me pedisse para eu trabalhar no projeto, eu disse: ‘Talvez você deva ser mais conciso. Talvez sejam dois discos. Talvez esta seja apenas a primeira metade”, disse Rubin. “Este foi o primeiro de alguns avanços. Kanye falou: ‘É para isso que eu vim aqui hoje! Podem ser dez faixas!”

No estúdio, os dois começaram desconstruindo as faixas para conseguir o material que Kanye procurava. Quando Rubin pediu para brincar com uma música, Kanye respondeu: “Pode, mas em vez de adicionar coisas, tente tirar”.

“Falamos muito sobre minimalismo”, continuou Rubin. “Minha casa é praticamente uma caixa branca vazia. Quando entramos ele disse: ‘Minha casa também é uma casa branca vazia!”