Elton John diz que desperdiçou grande parte da vida usando drogas

Em biografia, músico inglês relembra fases sombrias da carreira

Redação Publicado em 17/07/2012, às 19h05 - Atualizado às 19h29

Elton John fará discurso para Leon Russell durante cerimônia do Hall da Fama do Rock
AP

Em entrevista ao programa de TV Today para divulgar a biografia Love Is the Cure: On Life, Loss and the End of AIDS, Elton John afirmou que desperdiçou uma grande parte de sua vida usando drogas. “Eu era um viciado no início dos anos 80, que foi a mesma época em que a Aids estava começando. Você sabe, eu estava vendo amigos morrendo pela direita, pela esquerda, e em volta de mim. E ainda assim não parei de viver aquela vida, e isso que é terrível sobre o vício”, disse o cantor.

Entrevista RS Elton John: em conversa reveladora, o músico fala sobre ser pai, discute o preconceito e recorda as décadas de 70 e 80.

Ele também falou sobre como o estilo de vida que mantinha fazia com que ele não se importasse com a epidemia crescente de Aids. “Quando você toma uma droga e você toma uma bebida, e mistura os dois, você pensa que é invencível”, contou. “Saí disso com um teste de HIV negativo. Fui o homem mais sortudo do mundo.”

No livro, John escreveu que “estava possuído pela cocaína, bebida, e sabe-se lá o que mais”.

A renda adquirida com as vendas da biografia será encaminhada para a Elton John AIDS Foundation. Em 21 de setembro, ele será a atração principal do Peace One Day, na Arena de Wembley, em Londres. O festival que pretende criar “a maior redução global de violência já registrada em um dia”.