Elza Soares e Edu Lobo recebem Ordem do Mérito Cultural

Honraria é a maior entre as cedidas pelo Ministério da Cultura brasileiro

Da redação Publicado em 09/10/2008, às 16h50

Aconteceu na noite de terça-feira, 7, a cerimônia de entrega das medalhas de Ordem do Mérito Cultural, no Rio de Janeiro. O Ministro da Cultura Juca Ferreira concedeu à cantora Elza Soares e ao compositor Edu Lobo o grau de Grã-Cruz, a maior honraria concedida pela premiação a artistas brasileiros.

As medalhas deveriam ter sido concedidas pelo próprio presidente Lula, que faltou ao evento devido à chuva que caiu no estado fluminense.

O compositor Pixinguinha e o escritor Guimarães Rosa, já mortos, também receberam a Grã-Cruz. O escritor Machado de Assis, cuja morte completaria 100 anos em 2008, foi o homenageado da noite.

A cerimônia, apresentada pela atriz Camila Pitanga e pelo Secretário da Identidade e da Diversidade Cultural do Ministério da Cultura, Sérgio Mamberti, teve ainda a interpretação do hino nacional cantado pela premiada Elza Soares.

A Ordem ao Mérito Cultural, que desde 1995 premia personalidades anualmente, ainda concedeu honrarias a duas intituições neste ano, a Associação Brasileira de Imprensa (ABI) e a Associação Brasileira de Gays, Lésbicas, Bissexuais, Travestis e Transexuais (ABGLT). Ao todo, mais de 400 pessoas já foram contempladas com a medalha do governo federal.