Pulse

Faixa a faixa: Luedji Luna se aproxima do rap, revisita o disco Um Corpo no Mundo e cria EP de remixes Mundo

O trabalho produzido por Dj Nyack tem participações de Djonga, Tássia Reis, Rincon Sapiência, Stefanie MC e Zudizilla

Pedro Antunes Publicado em 02/05/2019, às 19h10

None

De um corpo só a perambular pelo mundo, Luedji Luna agora mostra que não está sozinha. E encontrou um lugar para chamar de seu. Depois de um potente disco de estreia, Um Corpo no Mundo, de 2017, ela agora lança um novo projeto, com releituras do trabalho anterior, com a assinatura do DJ Nyack.

O projeto, de nome Mundo, chega às plataformas nesta sexta-feira, 3, mas estreia aqui, nesta quinta, com exclusividade na Rolling Stone Brasil. O EP apresenta cinco canções previamente ouvidas no disco de estreia da artista, agora com remixes e reimaginados por DJ Nyack.

Ao lado de Luedji Luna e Nyack estão Stefanie (dona da rima poderosa em "Cabô"), Tássia Reis e Rincon Sapiência (ambos em "Dentro Ali"), Djonga (em "Saudação Malungo") e Zudizilla (em "Banho de Folhas").

Força da natureza em forma de música, Luedji Luna surgiu como um vendaval na beira do mar com Um Corpo no Mundo. Ali, ela evocava sua herança e hereditariedade. Buscava um lugar no mundo - e o cantava, com um canto forte, por vezes melancólico, impossível de ficar passível ao vivo.

Saída de Salvador, ela se encontrava na cinza São Paulo as respostas para as perguntas artistas mais instigantes que sentia. Foi na cidade que ela também passou a ter mais contato com o universo do hip-hop e com artistas da música rap.

O EP Mundo aconteceu fomentado por um projeto no qual a artista foi convidada a dividir o Red Bull Station, estúdio no centro de São Paulo, com o rapper norte-americano Illa J e DJ Nyack. Foi do DJ a ideia de criar um remix de "Banho de Folhas", hit de Um Corpo no Mundo com "Sunflower", faixa de Illa J.

"É um trabalho que nasce do meu encontro com o cenário rap da cidade de São Paulo. Conhecia o Nyack por meio da [festa] Discopédia, o trabalho dele com Emicida. Mas conheci pessoalmente no projeto no Red Bull Station. Ele me pediu para fazer um remix de 'Banho de Folhas', eu aproveitei o ensejo e pedi para ele fazer o mesmo com mais quatro canções de Um Corpo no Mundo", ela explica.

Ela avisa, aliás, que Nyack teve liberdade artística para mexer como quis nas suas canções. "Eu não me envolvi no processo. Escolhi as participações e as canções, mas o estilo de cada faixa foi uma escolha estética do produtor", explica Luedji, ao fazer questão de dar valor ao trabalho de Nyack. "Tudo o que ele fez tem a ver com Um Corpo no Mundo no que tange à ambiência. Não foge da energia e da vibe original."

Se em Um Corpo no Mundo o clima era de canções ao ar livre, com Mundo, essas mesmas cinco faixas ganham uma roupagem ainda mais urbana, como se agora, víssemos o mesmo mundo através de uma janela e, de dentro de um quarto.

As músicas de Luedji Luna em Um Corpo no Mundo trilhavam essa busca por espaço. Com Mundo, elas encontraram um lugar - um entre tantas outras possibilidades que essas canções mostram ter capacidade habitar.

Abaixo, ouça o EP Mundo, de Luedji Luna e DJ Nyack. Depois do player, Luedji Luna faz um faixa-a-faixa, para uma nova imersão nessas canções.


1. "Acalanto"

Produzida por: Dj Nyack
Rhodes: Samuel Silva
Moog: Samuel Silva
Guitarra: Vinicius Sampaio
Baixo: Vinicius Sampaio

"'Acalanto' traz referência a artistas como Erykah Badu, entre outras pessoas que eu admiro, gosto e acompanho. E faz sentido nessa canção. É uma canção um pouco sedutora, sexual. Ficou bem uma love song."

2. "Cabô" (Part. Stefanie)
Produzida por: Dj Nyack
Baixo: Samuel Bueno
Metais: Sebastian Notini
Programação de Bateria: Tico Pro

"Eu fiz questão de ratificar no EP Mundo essa canção. Chamei a Stephane MC, que, além de ser mulher preta é mãe preta. 'Cabô' é sobre isso. O choro de uma mãe preta que perde o seu filho. Eu achei que ela tinha todo o fundamento para estar nessa canção. Ela fez uma rima muito categórica e muito bonita nesta faixa."

3. "Dentro Ali" (Part. Tássia Reis & Rincon Sapiência)
Produzida por: Dj Nyack
Baixo: Aniel Somellian
Metais: Sebastian Notini
Synth Pad: Canela

"É uma das músicas também muito solicitada pelo meu público. É uma das mais antigas do disco, de 2012. Uma canção romântica que fala sobre o amor e da espera. Dessa experiência da espera desse amor que vem, romântico. Para essa canção, eu convidei a Tássia Reis e o Rincon Sapiência para a gente ter a perspectiva de uma mulher e de um homem nessa espera por um amor e na presença desse sentimento na vida de alguém.

4. "Saudação Malungo" (Part. Djonga)
Produzida por: Dj Nyack
Co-Produzida por: Plim
Baixo: Samuel Bueno
Guitarra: Toca Mamberti

"Essa música tem a participação do Djonga. Ele cantou comigo na turnê da Natura [Musical] em Minas Gerais. Ele foi um dos convidados e cantou comigo essa canção no show. Decidi reproduzir o que havíamos feito no show no EP. Djonga foi um desses artistas do rap que apareceram durante esse período com Illy J. Conheci na internet, ele começou a me seguir, a gente se conectou, estreitamos a nossa relação."

5. "Banho de Folhas" (Part. Zudizilla)
Produzido por: DJ Nyack
Co-Produção: GROU
Guitarra: Melvin Santhana

"É um house que segue muito a linha do projeto que fizemos com Illy J no qual Nyack usou a música 'Sunflower', do Illa J, e cantei Banho de Folhas. Ele seguiu essa mesma linha e fez uma produção dentro do sentido daquele trabalho que havíamos experimentado. Acho que ele manteve a energia de 'Banho de Folhas' original. É a música mais festiva e mais para cima do disco Um Corpo no Mundo."

+++ Cheia de amor, Cynthia Luz se posiciona como dona da voz (rouca) em ascensão do pop e R&B nacional