Festival de cinema brasileiro é censurado na China

De 18 filmes selecionados para o 2º Brazil Film Festival em Pequim, nove foram vetados, incluindo Uma Noite em 67

Redação Publicado em 30/08/2011, às 15h17 - Atualizado às 17h14

Uma Noit em 67
Reprodução

O 2º Brazil Film Fest, festival de cinema nacional que ocorre em novembro na China, teve vetados nove dos 18 filmes que seriam exibidos no evento, em Pequim. O orgão do Estado Chinês de Administração de Rádio, Filme e TV foi contrário a aprovação desses longas-metragens, sem justificar o porquê. As informações são do jornal O Globo.

Leia textos das edições anteriores da Rolling Stone Brasil – na íntegra e gratuitamente!

Entre os nove filmes censurados, estão Uma Noite em 67, Dzi Croquettes, Cabeça a Prêmio, Mangue Negro e O Bandido da Luz Vermelha. "Eu quis arriscar. Além disso, escolhi morar lá e tenho que respeitar o governo, por mais que não concorde", declarou Ana Maria Bochi, curadora do festival, que vive há três anos no país. "Eu imaginei que isso fosse acontecer, mas a sensação é de que voltamos àquela época do documentário [Uma Noite em 67]."

Além dos nove filmes vetados, Linha de Passe, do diretor Walter Salles, teria de passar por edições para ser aprovado, o que levou à organização do festival a cancelar também a exibição deste. Por sua vez, os oito longas que passaram pela censura incluem três animações infantis e Malu de Bicicleta, inadequado para menores de 18 anos. "Eu não levei fé", diz Ana Maria, sobre a aprovação do longa. "Tem cenas de sexo e achava que seria cortado também."

Os filmes não aprovados ainda serão exibidos em solo chinês em centros culturais, porque o governo proibiu a exibição apenas em salas de cinema. O 2° Brazil Film Fest ocorrerá de 4 a 8 de novembro em Pequim, seguindo depois para Xangai. Paralelamente, a organização tem um projeto de fazer um festival de cinema chinês no Brasil, em 2012.