Festival de cinema LGBT traz 140 filmes para São Paulo e no Rio de Janeiro

Entre os destaques da Mix Brasil da 21ª edição está o longa Interior. Leather Bar., dirigido por James Franco, e shows de Wanessa Camargo e Stop Play Moon

Redação Publicado em 07/11/2013, às 12h57 - Atualizado às 13h05

Interior. Leather Bar.
Divulgação

O festival Mix Brasil de Cultura da Diversidade chega a 21ª edição com mais de 140 filmes exibidos em São Paulo e, depois, no Rio de Janeiro, a partir desta quinta-feira, 7. O evento, conhecido por ser o maior evento cultural LGBT, abre as exibições com o inédito Interior. Leather Bar., um longa dirigido por James Franco e Travis Mathews, na capital paulista.

Irmãos de farra - Os protagonistas da comédia apocalíptica É o Fim são amigos na vida real, mas têm tantas diferenças que quase não dá para acreditar.

O filme bebe da fonte de Parceiros da Noite, uma produção de 1980 e estrelada por Al Pacino. A produção foi bastante controversa, durante o lançamento, por trazer um submundo homossexual de Nova York. Na época, houve um boato de que 40 minutos do filme haviam sido cortados para que ele não fosse restrito para menores de idade. E foi tentando imaginar como seria esse pedaço do longa que Franco e Mathews criaram Interior. Leather Bar..

Ainda na lista do festival está o nacional Tatuagem, de Hilton Lacerda. O trabalho tem sido muito elogiado em festivais brasileiros. Em Gramado, em agosto, por exemplo, o longa pernambucano foi o vencedor do Kikito de Melhor, além de ter dado ao ator Irandhir Santos o prêmio de Melhor Ator e, para DJ Dolores, a vitória na autoria da Melhor Trilha Sonora.

Além dos mais de 140 filmes de diversos países, o Mix Brasil ainda trará 40 produções teatrais e musicais. A cantora Wanessa e a banda Stop Play Moon estão confirmadas para se apresentarem nesta sexta, 8, e sábado, 9, respectivamente, no Centro Cultural São Paulo.

Para ver a programação completa do festival, clique aqui.