Lebanon vence em Veneza

Longa israelense do diretor Samuel Maoz levou o Leão de Ouro na 66ª edição do festival

Da redação Publicado em 14/09/2009, às 19h37

O Festival de Cinema de Veneza, na Itália, anunciou neste sábado,12, os vencedores de sua 66ª edição. O longa israelense Lebanon, do diretor Samuel Maoz, se consagrou como o melhor filme da maratona, que aconteceu entre 2 e 12 de setembro, levando o troféu Leão de Ouro.

Dentro das principais categorias da premiação, a russa Ksenia Rappoport levou a estatueta de melhor atriz, por La Doppia Ora, desbancando a favorita Margherita Buy (Lo Spazio Bianco). O britânico Colin Firth, por sua vez, conquistou o título de melhor ator pela atuação no drama homossexual A Single Man, estreia do estilista Tom Ford (Gucci) na direção.

A cineasta iraniana Shirin Neshat recebeu o Leão de Prata para melhor direção, com o filme Mulheres Sem Homens. Outro destaque foi a escolha de Soul Kitchen, dirigido pela alemã Fatih Akin, no prêmio especial do júri.

Durante o festival, o ator, roteirista e diretor Sylvester Stallone foi homenageado por deixar uma "marca notável" no cinema contemporâneo. O brasileiro Walter Salles também recebeu honras do evento, levando para casa o Prêmio Bresson.

Abaixo, conheça os ganhadores das principais categorias. Para conferir a listagem completa de consagrados, visite o site oficial do evento.

Veja abaixo a lista dos principais vencedores:

Leão de Ouro para melhor filme - Lebanon, de Samuel Maoz

Leão de Prata para melhor direção - Shirin Neshat, por Mulheres sem Homens

Prêmio especial do júri - Soul Kitchen, de Fatih Akin

Melhor ator - Colin Firth, por A Single Man

Melhor atriz - Ksenia Rappoport, por La Doppia Ora

Melhor roteiro - Todd Solondz, por Life During Wartime

Melhor filme de estreia - Pepe Diokno, por Engkwentro (Clash)

Melhor cenografia - Sylvie Olive, por Mr Nobody

Revelação - Jasmine Trinca, por Il Grande Sogno