Genghis Tron grava DVD no Brasil

Banda que mistura metal e eletrônica toca neste domingo em SP, mas antes quer "sair por aí com as paulistanas"

Artur Tavares Publicado em 14/06/2008, às 12h17 - Atualizado em 15/06/2008, às 03h28

O Genghis Tron vem ao país gravar um DVD, mas dizem que não estão nem aí para as câmeras
Divulgação

Acontece neste domingo, 15, o Kool Metal Fest, em São Paulo. No line-up, as bandas brasileiras Garage Fuzz, Confronto, D.E.R e Vincebuz aquecem o palco para os norte-americanos do Genghis Tron. Todos os shows serão documentados e lançados no DVD Koll Metal Fest vol.2, que terá a apresentação da atriz pornô Monica Mattos. A moça falou em vídeo para a RS; veja aqui.

A alguns dias da apresentação, a Rolling Stone conversou com Hamilton Jordan, guitarrista e programador da bateria eletrônica do Genghis Tron, uma das bandas mais experimentalistas do atual cenário do metal norte-americano. Os novaiorquinos misturam música eletrônica com uma sonoridade que vai do grindcore ao doom metal.

Jordan explica a mistura: "Começamos a discutir a idéia do Genghis Tron há cinco anos. Éramos amigos de escola e todos adorávamos uma variedade de estilos musicais, que iam do new wave oitentista ao death metal dos anos 90. Queríamos criar algo novo para nossos ouvidos, e para os dos nossos amigos, então juntamos algumas idéias loucas e as gravamos". Ele ainda conta que a idéia era apenas manter um projeto sonoro que daria vazão aos rompantes de criatividade, mas que desde então a necessidade de ser uma banda falou mais alto.

Desde que o Genghis Tron anunciou sua vinda ao país em seu MySpace, a mensagem dada a seus fãs é: "sim, vamos tocar no Brasil". Hamilton não escondeu sua vontade de tocar por aqui: "Sempre quisemos tocar na América do Sul, mas sabemos que é algo raro para pequenas bandas norte-americanas, como nós. Ficamos muito surpresos quando soubemos que iria rolar. Sempre quis visitar o Brasil. Ouço que o país tem uma cultura única, diversificada e incrível, e que é um local como nenhum outro".

Hamilton contou que ele e sua banda não estão preocupados com a gravação de um DVD enquanto estão no palco. Pelo contrário. O guitarrista acredita que quando o Genghis Tron começa a tocar, "fica difícil lembrar pra quem é". Além disso, diz que o público pode esperar "uma festa louca e uma experiência musical ao vivo única".

Questionado sobre o público que geralmente vai aos shows do grupo, se eles são "cabeludos vestidos de preto ou pessoas que saem para dançar à noite", Hamilton ri, e explica: "Não tenho certeza, mas acho que geralmente nossos fãs são pessoas que gostam mais de metal e de rock experimental 'esquisito' do que de música dançante, mas também temos muitos fãs que vêm da música eletrônica. Dependendo do lugar onde tocamos, todos os tipos de pessoas aparecem."

Para a banda, esta variedade em seus espectadores é gratificante, porque "nenhum de nós é fã de um único tipo de música. Sentiríamos que estamos fazendo as coisas erradas se nossas composições atraíssem apenas um tipo específico de fã."

E o que eles vão fazer durante o fim de semana que passam por aqui antes do show? "hang out with some 'Paulistanas'". Ou em bom português, "sair por aí com as paulistanas", Hamilton responde, bem informado.

Kool Metal Fest - 15/06 - 16h

R. Anita Costa, 155, ao lado do Metrô Jabaquara - São Paulo. Informações: MySpace do evento, aqui.

Ingressos antecipados: R$ 10 na Galeria do Rock, loja 255, ou R$ 15 na porta do local.