George R.R. Martin fala sobre ausência de diversidade sexual que há nos livros que inspiraram Game of Thrones

“Eu não vou escrever por escrever”, disse o autor de As Crônicas de Gelo e Fogo

Redação Publicado em 12/08/2014, às 19h02 - Atualizado às 20h11

Game of Thrones
Reprodução

Durante um discurso na Feira Literária Internacional de Edimburgo, na Escócia, George R.R. Martin falou sobre a ausência de personagens gays e bissexuais em As Crônicas de Gelo e Fogo. Se por um lado a série televisiva inspirada nos volumes contém cenas com casais homossexuais, o mesmo não acontece nos livros.

Game of Thrones: conheça os novos atores da quinta temporada e veja erros de gravação.

“Você está me vendo pelo seu ponto de vista, não está vendo o que aquela pessoa ali está vendo”, disse ele, explicando que os livros são escritos do ponto de vista dos personagens principais e que “não vai escrever por escrever”.

Peter Dinklage, de Game of Thrones, está na capa da edição de junho da Rolling Stone Brasil

Sobre a possibilidade de incluir maior diversidade sexual na trama, a resposta do autor foi inconclusiva. “Pode ser. Eu recebi cartas de fãs que querem, especificamente, cenas explícitas de sexo entre homens – a maioria das cartas são enviadas por mulheres”, disse ele. “Se o enredo levar a isso, se um dos personagens principais está em uma situação assim, não vou deixar de colocar. Mas você não pode adicionar coisas só porque todo mundo quer.”

George R.R. Martin Addresses The Absence Of Gay Sex In "A Song Of Ice And Fire"