Gravação dos Beatles rejeitada por gravadora vai a leilão

Fita rara deve receber propostas com valor de até R$ 66 mil

Redação Publicado em 22/11/2012, às 13h30 - Atualizado às 14h19

Beatles

A fita com a gravação de uma sessão de estúdio dos Beatles para a gravadora Decca Records realizada em 1º de janeiro de 1962, irá a leilão no próximo dia 27 de novembro, como anunciou o site da Examiner.

Por que o sonho acabou: os bastidores da saga dos Beatles – e as forças que esfacelaram a maior banda de todos os tempos.

É certamente uma daquelas ações que os executivos da gravadora devem se arrepender até hoje. Há 50 anos, os quatro Beatles estavam nos estúdios do selo, em busca de um contrato, e tocaram dez músicas - “Like Dreamers Do”, “Money,” “Take Good Care of My Baby”, “Sure to Fall”, “Three Cool Cats”, “Love of The Loved”, “Memphis”, “Crying Waiting Hoping”, “Till There Was You” e “Searchin’”.

O quarteto de Liverpool, contudo, foi rejeitado após a sessão, mas, por sorte deles (e nossa), o grupo logo depois conseguiu contrato com a Parlophone Records e deu início à trajetória de sucesso de Paul McCartney, John Lennon, George Harrison e Ringo Starr.

A fita é uma cópia de segurança, como explicou Ted Owen, da Fame Bureau, empresa responsável pelo leilão. “A melhor coisa, para mim, é a qualidade”, disse ele. Por isso, o valor o objeto é tratado como de raridade e são esperados lances entre o equivalente a R$ 60 mil a R$ 66 mil.