Gravadora autoriza patrocínio para seus artistas

EMI libera investimento externo para lançamento de discos

Da redação Publicado em 16/01/2008, às 15h14

O The Verve, há 11 anos sem lançar novo disco, pode não voltar à EMI
Reprodução/Site oficial

A divisão britânica da gravadora EMI liberou nesta quarta-feira, 16, investimentos externos para patrocinar o lançamento de álbuns de seus artistas. A ação coincide com a demissão de 2 mil funcionários, que em números significam uma redução de gastos de aproximadamente 680 milhões de reais em folha de pagamento.

O patrocínio faz parte de uma série de mudanças institucionalizadas na EMI a partir da compra da gravadora pelo grupo Terra Firma, em 2007. Desde o ano passado o selo vem tentando assinar contratos 360º graus com seus artistas, que consistem em mudanças nos ganhos com publicidade e merchandising visando reduzir a perda de dinheiro proporcionada pela queda de vendas de discos nos últimos anos.

A nova forma de relacionamento com seus artistas vêm causando problemas à EMI. Notícias veiculadas na imprensa britânica na última semana apontavam que o Coldplay estaria deixando a EMI por insatisfação. Na última terça-feira, 15, o empresário do The Verve foi a sede da gravadora questionar porque a banda deveria entregar seu novo álbum à EMI. Saiba mais aqui.