HBO é processada por abusos a cavalos da série Luck

Quatro animais morreram durante gravações da atração cancelada em março

Rolling Stone EUA Publicado em 03/01/2013, às 14h02 - Atualizado às 15h49

Luck
Reprodução

A HBO está encarando um processo por ter acobertado o tratamento negligente que acabou matando alguns cavalos no set de filmagem da série Luck, agora cancelada, segundo noticiou o site da revista The Hollywood Reporter.

Leia textos das edições anteriores da Rolling Stone Brasil – na íntegra e gratuitamente!

A acusação vem de Barbara Casey, ex-diretora de produção da American Humane Association (AHA), empresa responsável por monitorar o tratamento de animais da série estrelada por Dustin Hoffman sobre o mundo das corridas de cavalo na Califórnia.

Luck foi cancelada em março do ano passado depois que um cavalo foi morto durante a produção, mas Casey afirma que foram vários os abusos e que duraram meses, e que a HBO pressionou a AHA para economizar tempo e dinheiro.

A lista de crueldades denunciadas por Casey inclui uso de drogas para melhorar a performance dos animais, emprego de animais doentes e cavalos sem identificação para que nenhum órgão pudesse rastrear informações sobre o histórico medicinal. Além do animal morto em março, o arquivo acusa outras três mortes de cavalos entre abril de 2010 e o meio de 2011.

A HBO divulgou declaração oficial para se defender: “Nós tomamos todas as precauções para assegurar que nossos cavalos fossem tratados humanamente e com o máximo de cuidado, excedendo todos os requisitos de protocolos e diretrizes”.