Hitler hippie

Artistas britânicos compram aquarelas pintadas pelo ditador e dão tratamento "psicodélico" às obras

Da redação Publicado em 08/06/2008, às 14h22

As paisagens pintadas por Hitler ganharam cores e arco-íris nas mãos dos irmãos Chapman
Reprodução

Os irmãos Jake e Dinos Chapman resolveram "mudar" a cara das aquarelas pintadas por Adolf Hitler. Os artistas plásticos compraram as obras de colecionadores e as recriaram: em cima das paisagens pinceladas pelo ditador nazista, os britânicos criaram pinturas com inspiração nos hippies, e montaram a exposição If Hitler Had Been a 'Hippy' How Happy Would We Be (algo como "se Hitler tivesse sido hippie o quão felizes nós seríamos").

Jake e Dino pagaram o equivalente a R$ 365 mil pelas aquarelas - e agora, querem cerca de R$ 2,1 milhões por elas, informou o website da BBC. A exposição está acontecendo na galeria White Cube, em Londres. Clique aqui para ver alguns dos quadros.

"Se o inferno existe e Hitler está nele, ele estará se revirando ao ver os quadros. Não é mais o seu trabalho, é nosso", disse Dino Chapman à BBC.

As pinturas foram originalmente feitas entre 1910 e 1913 - Hitler, antes de se tornar ditador na Alemanha, tentou entrar para a Academia de Artes Plásticas de Viena. Mas a carreira de pintor não deu certo, e o austríaco acabou dirigindo sua "força de trabalho" às idéias nazistas.

De acordo com a rede de notícias, a galeria vai fazer o que for possível para tentar impedir que neonazistas comprem as pinturas.