Interpol lançará novo disco em setembro

Integrantes também anunciaram que o sucessor de Our Love To Admire (2007) levará o nome da banda; especula-se que David Pajo possa entrar no lugar de Carlos Dengler

Da redação Publicado em 05/06/2010, às 10h00

Após três anos sem um disco de inéditas, Interpol se prepara para lançar álbum em setembro; Carlos D. (o terceiro da esquerda para a direita) está fora da banda
Reprodução/Myspace

A ansiedade dos fãs do Interpol finalmente está prestes a acabar. O grupo, que não lançava um disco desde 2007, anunciou em seu site oficial que o próximo álbum será autointitulado e lançado "em meados de setembro".

"Estamos ansiosos para compartilhar nosso novo trabalho com vocês", afirmam os integrantes, em comunicado no site.

O sucessor de Our Love To Admire será o último com participação do baixista Carlos Dengler, que deixou o grupo no início de maio. De acordo com o site Pitchfork, David Pajo (que já trabalhou com Yeah Yeah Yeahs e Stereolab, entre outros) irá substituir Dengler. No entanto, não há nenhuma confirmação vinda do Interpol.

O Interpol iria abrir os shows do U2 nos EUA, cancelados por conta dos problemas de saúde de Bono, que passou recentemente por uma cirurgia nas costas. Em mensagem no site, o Interpol lamentou a mudança da turnê, que seria a primeira do grupo desde 2008: "Nós lamentamos a mudança de planos, pedimos desculpa pelo inconveniente e garantimos que vamos fazer no momento certo." Os shows em Rochester (21 de junho), Buffalo (22), Pittsburgh (23) e Allentown (25) ainda serão realizados. O grupo também marcou apresentações na Inglaterra e Irlanda para este ano.

Gravado em Nova York, no Electric Lady Studios, e mixado com Alan Moulder, na Assault & Battery, em Londres, o próximo álbum do Interpol será "pesado", conforme havia comentado o próprio grupo. Clique aqui para escutar o possível primeiro single do disco.