Ja Rule deixa prisão em Nova York, mas permanecerá detido

Depois de cumprir pena por porte ilegal de armas, rapper terá de terminar sentença por sonegação de impostos

Rolling Stone EUA Publicado em 21/02/2013, às 11h25 - Atualizado às 11h37

Ja Rule
AP

A saída de Ja Rule de uma prisão estadual de Nova York foi marcada para a manhã desta quinta, 21, depois de ele ter cumprido boa parte de uma pena de dois anos por porte ilegal de armas. Mas o rapper deverá permanecer detido: a agência Associated Press informa que ele será transferido para uma prisão federal para completar uma sentença por sonegação de impostos.

Relembre dez casos de músicos que foram parar atrás das grades.

A pena de Ja Rule na prisão estadual começou a ser cumprida em junho de 2011. Ele foi condenado depois de a polícia ter encontrado no carro dele uma arma semiautomática calibre .40. Em março de 2011, o músico admitiu ainda diante da corte que não pagou impostos referentes a mais de US$ 3 milhões de renda entre 2004 e 2006, e foi sentenciado a 28 meses de prisão.

O advogado de defesa de Ja Rule, Stacey Richman, diz que ele pode ter pouco mais de seis meses de pena restantes, e que pode ser elegível ao regime semiaberto. Richman informou que o rapper ainda deve US$ 1,1 milhão em impostos, e que quer voltar ao trabalho o quanto antes e pagar a dívida. “Muitas pessoas estão ansiosas para vivenciar o talento dele novamente”, completou.

Ja Rule, 36, cujo nome real é Jeffery Atkins, lançou diversos discos de sucesso no início dos anos 2000, incluindo Rule 3:36 (2000) e o indicado ao Grammy Pain Is Love (2001). Ambos venderam mais de três milhões de cópias cada. No ano passado ele lançou o álbum Pain Is Love 2 enquanto estava na cadeia. Ele também participou do remix de “I’m Real”, hit de Jennifer Lopez que alcançou o topo das paradas.