Angus T. Jones, o Jake de Two And a Half Men, pede para que as pessoas parem de assistir à série

“Jake não significa nada", diz o ator da série, que gravou um vídeo com um testemunho cristão

Redação Publicado em 26/11/2012, às 20h02 - Atualizado em 27/11/2012, às 11h36

Angus T. Jones, de Two And a Half Men
AP

“Deus é ótimo”, diz Angus T. Jones. E ele repete isso mais algumas vezes. “Deus é ótimo. Deus é ótimo.” O ator, conhecido por interpretar o garoto Jake no seriado Two And a Half Men desde 2003, gravou um vídeo com um testemunho cristão, encorajando as pessoas a pararem de assistir ao seriado.

Leia textos das edições anteriores da Rolling Stone Brasil – na íntegra e gratuitamente!

O ator, que já era conhecidamente religioso, detonou a própria série em um vídeo publicado nesta segunda-feira, 26, pelo site The Forerunner. O vídeo, dividido em duas partes (assista abaixo), mostra o ator de cabelos raspados, contando como descobriu a religião e de que forma seu estilo de vida, hoje, é contrário àquilo que ele mostra da TV.

No oitavo minuto do segundo vídeo, Angus diz: “Jake, de Two And a Half Men, não significa nada. Ele é um personagem inexistente. É um nada. Se você assiste...”, ele dá uma pausa. “Por favor, pare de assistir”, diz o ator. “Eu não quero estar no show. Parem de assistir, parem de encher a cabeça de vocês com isso. Dizem que é entretenimento, mas façam uma pesquisa para entender o que a televisão faz na cabeça de vocês. Aí, sim, vocês poderão decidir o que fazer com a TV e, principalmente, escolher o que assistir.”

O ator ainda dá pistas de que deseja deixar o programa; “Ninguém pode ser temente a Deus e estar em um programa de televisão. Eu não posso. Eu não estou OK em fazer parte daquilo”, disse o rapaz de 19 anos.

Até o momento, ninguém do canal CBS, ou responsável por Two And a Half Men, se pronunciou a respeito do depoimento de Angus. O seriado ganhará a 10ª temporada e, segundo o site do Los Angeles Times, o ator ganha US$ 350 mil (cerca de R$ 720 mil) por episódio.