Jamie Foxx pode ser o vilão do novo Homem-Aranha

O ator está quase confirmado para viver Electro nos cinemas, na continuação da nova saga do herói aracnídeo

redação Publicado em 05/11/2012, às 10h40 - Atualizado às 11h33

Jamie Foxx
AP

O Espetacular Homem-Aranha chegou aos cinemas em julho deste ano e sua sequência já está de olho em um novo vilão. O nome que chega forte ao páreo é o do ator vencedor do Oscar Jamie Foxx, que pode viver o poderoso Electro nos cinemas na próxima aventura do herói aracnídeo, segundo informações do site da revista Variety.

Leia textos das edições anteriores da Rolling Stone Brasil – na íntegra e gratuitamente!

O filme, cuja previsão de estreia é 2 de maio de 2014, já tem confirmada em sua escalação a dupla Marc Webb, na direção, e Andrew Garfield, como o protagonista, e agora parece ganhar um nome de peso no elenco, com as conversas entre Foxx e a Columbia Pictures.

O próprio ator, que voltará aos cinemas no novo longa de Quentin Tarantino, Django Livre, deu pistas no Twitter de que assumirá o papel, na última quinta-feira, 1: “Me vesti de Electro para o Halloween ontem. A fantasia ficou ótima”.

Depois disso, o site Huffington Post entrou em contato com Webb para questioná-lo sobre a veracidade da informação. Ele disse ter lido o que Foxx escreveu em seu Twitter e, quando questionado a respeito, tentou despistar dizendo: “Eu acho Jamie Foxx... Eu acho que ele é eletrizante”, em uma citação ao poder do vilão, capaz de controlar a eletricidade.

“Eu não posso entrar em muitos detalhes, mas posso dizer que acho Jamie Foxx um dos grandes atores vivos. Ele é uma estrela”, derreteu-se o diretor do filme.

O retorno de Emma Stone para o papel de Gwen Stacy, a primeira namorada de Peter Parker (Garfield) ainda não foi oficializado, apesar das conversas entre a atriz e o estúdio.

Outro nome confirmado para o segundo filme desta nova trilogia é de Shailene Woodley, de Os Descendentes, que viverá a nova Mary Jane Watson, papel de Kirsten Dunst na primeira trilogia, dirigida por Sam Raimi (de 2002 a 2007).