Leia entrevista com Jeremy Bulloch, que fez Boba Fett em Star Wars

O ator comenta o lançamento da saga em Blu-ray, que chegou ao mercado esta semana, e fala, entre outras coisas, do status de cult do personagem

André Gordirro Publicado em 16/09/2011, às 12h11 - Atualizado às 13h05

Jeremy Bulloch - Boba Fett
Foto: Reprodução

Jeremy Bulloch, que fez Boba Fett em Star Wars, comenta o lançamento da saga em Blu-ray, que chegou ao mercado esta semana. Ele fala, dentre outras coisas, do status de cult do personagem e da possibilidade de Boba Fett estar em um longa dirigido por Joe Johnston.

Você já viu a edição em Blu-ray?

Vi sim e está impressionante. Mostraram um pouco para mim e é bom que eu não tenha visto tudo, porque gosto de ter surpresas. O chato é que agora vou ter que arrumar uma TV tipo painel, porque a minha ainda é das antigas.

Tem alguma cena extra do Boba Fett?

Acredito que não porque tudo o que rodei realmente foi parar no filme. Há algumas tomadas mais longas de mim na Slave I [a nave do Boba Fett, vista em O Império Contra-Ataca], porém não chegam a constituir cenas novas.

A que você credita o sucesso de um personagem menor como Boba Fett, que se tornou cult e um dos favoritos dos fãs?

Ele realmente não faz nada nos filmes, é um homem de poucas palavras. Acho que a bravura conquistou os fãs, porque ele aparece destemido ao lado do Darth Vader enquanto todos têm medo dele. Eu acho que ele não é bom nem mau; eu o vejo lutando ao lado do Han Solo se fosse necessário. Além disso, a garotada adora a armadura e os apetrechos.

Qual filmagem foi a mais divertida para você, O Império Contra-Ataca ou O Retorno de Jedi?

O Império, com certeza. Foi um momento mágico porque só havia um filme antes daquele e, portanto, ninguém sabia direito para onde iríamos, eu não tinha noção do que iria acontecer. A expectativa era enorme. Havia a impressão de que o resultado final seria bem diferente. E uma grande empolgação da parte dos novatos, como eu, que estavam se juntando ao clube. Sabíamos que fazíamos parte do filme mais aguardado do mundo.

Qual foi sua reação ao ver um jovem Boba Fett em Ataque dos Clones e agora na animação Clone Wars?

Eu acho legal ter uma origem, um passado, mas sempre fui a favor de que o personagem jamais deveria mostrar o rosto. Agora sabemos que ele se parece com qualquer clone na tela.

Joe Johnston, o diretor de Capitão América – O Primeiro Vingador, disse que gostaria de dirigir um filme do Boba Fett. Você toparia?

Claro que sim, mas acho que apenas em uma ponta como um velho caçador de recompensas. Acho que se tem alguém em quem George Lucas confiaria para fazer um filme do Boba Fett, esse seria Joe Johnston.

Que conselho você daria para alguém que nunca viu a saga e comprou o Blu Ray – assistir na ordem cronológica da trama ou na sequência em que passou no cinema, com a trilogia final no começo?

Na ordem cronológica, com a nova trilogia primeiro.

Alguns fãs dizem que o Boba Fett não era tudo isso que ele diz ser, que não chegou a capturar o Han Solo, apenas ligou para o Império dizendo que ele estava na Cidade das Nuvens...

Bem, acho que ele fez certo. Boba Fett é o cara do mínimo esforço, ele faz apenas o suficiente para capturar sua presa. Sempre espera que haja alguém para fazer o serviço por ele. Com a grana que ele tirou da recompensa do Han Solo, eu imagino que ele esteja curtindo uma boa casa de praia no Rio de Janeiro.