J.K. Rowling recebe o título Freeman of City of London

O prêmio já condecorou Elizabeth II, a princesa Diana, Winston Churchill e Nelson Mandela; a homenagem, muito antiga, dá a ela o direito de portar uma espada na cidade, por exemplo

Redação Publicado em 09/05/2012, às 09h57 - Atualizado às 09h59

J. K. Rowling
AP

De acordo com informações da agência EFE, a escritora britânica J.K. Rowling, autora de Harry Potter, recebeu na última terça, 8, o Freeman of City of London (algo como “cidadã livre da cidade de Londres”), o maior prêmio que as autoridades britânicas do centro financeiro londrino dão às pessoas.

Leia textos das edições anteriores da Rolling Stone Brasil – na íntegra e gratuitamente!

O prêmio tem 775 anos e, sendo assim, dá ao homenageado alguns direitos especiais curiosos, como o de passear uma ovelha pela ponte de Londres, portar uma espada pela cidade ou ser levado até em casa pela polícia, caso seja encontrado embriagado pelas ruas.

Rowling, cujos livros venderam mais de 450 milhões de cópias e foram traduzidos em 74 idiomas, foi escolhida pelo júri graças aos “serviços prestados à literatura infantil e juvenil".

"Estou muito orgulhosa de ter recebido o prêmio. Acima de todas suas vantagens e apesar de muita gente não saber, este título me permitirá tomar um pint de graça no Leaky Cauldron ou gastar um cheque de dez galeões no Beco Diagonal", disse, fazendo piada com o universo Harry Potter.

A rainha Elizabeth II, a princesa Diana, o ex-primeiro-ministro britânico Winston Churchill, o prêmio Nobel da Paz Nelson Mandela e os ex-presidentes norte-americanos Dwight Eisenhower e Theodore Roosevelt receberam o título no passado.