Juiz não aceita acusação de que Stallone teria plagiado o roteiro de Os Mercenários

Marcus Webb alegava que a história do longa era muito parecia com o seu filme The Cordoba Capper

Redação Publicado em 28/12/2012, às 12h54 - Atualizado às 13h25

Yu Nan no set de Os Mercenários
Divulgação

O juiz federal norte-americano Jed Rakoff decidiu arquivar uma ação contra o ator, diretor e roteirista Sylvester Stallone, acusado de plágio no roteiro do seu filme Os Mercenários, de 2010, por Marcus Webb. As informações são da agência de noticias Reuters.

Leia textos das edições anteriores da Rolling Stone Brasil – na íntegra e gratuitamente!

A decisão foi tomada nesta quinta, 27, a favor de Stallone, apesar de Webb alegar ter encontrado 20 trechos semelhantes entre Os Mercenários e o seu The Cordoba Capper. Rakoff entendeu que nenhuma delas era forte o suficiente para sustentar a alegação do acusador.

Um dos pontos da discussão envolvia o nome do vilão dos dois longas, o General Garza, ditador de um país da América Latina. A defesa alegou que Garza é o 34º apelido mais comum entre os hispânicos nos Estados Unidos.

A franquia de Os Mercenários ganhou milhões de dólares em bilheterias apostando nos músculos de atores de ação consagrados Jason Statham, Jet Li, Dolph Lundgren, Mickey Rourke, no primeiro longa, de 2010. Nele, Bruce Willis e Arnold Schwarzenegger fizeram pontas, mas ganharam mais espaço na sequência de 2012, acompanhados por Jean-Claude Van Damme e Chuck Norris. Um terceiro filme já está programado e Jackie Chan confirmou sua participação.