Kanye West visita sede da Rolling Stone EUA

Rapper falou sobre novo trabalho e revelou ter interesse em trabalhar com Lauryn Hill e Thom Yorke

Da redação Publicado em 02/08/2010, às 17h04

Kanye West falou sobre o novo álbum em visita à Rolling Stone EUA
AP

Kanye West deu as caras na redação da Rolling Stone EUA na última sexta, 30 de julho, e conversou com a equipe da revista por quase duas horas, tendo mostrado aos presentes algumas das faixas inéditas que integram seu próximo disco (com previsão de lançamento para setembro), ainda sem título divulgado. Kanye comentou em seu Twitter recentemente que o álbum não se chamará mais Good Ass Job.

O rapper disse que a vibração de seu novo álbum é a positividade, reconhecendo que já cometeu muitos erros na vida e acrescentando que a arte não precisa surgir de lugares ou situações obscuras. "Sinto que posso ser um container de boa vontade e energia." Na ocasião, abriu seu laptop e mostrou algumas faixas novas e outras ainda não finalizadas. West tocou a versão inteira de "My Chain Heavy" - música que ele versou à capela em sua visita ao escritório do Facebook -, que desta vez, segundo o site, veio acompanhada de uma batida old school.

Ele ainda comentou que adoraria trabalhar com Lauryn Hill. "Ela é a última de um tipo em extinção", elogiou. Além da cantora, Thom Yorke, o frontman do Radiohead, também foi citado como um dos artistas com quem o rapper teria interesse em estabelecer uma parceria. Ao se referir a si mesmo, brincou que o Twitter foi criado para pessoas como ele. "Rock stars se assustam e fogem da cultura popular", disse.

Veja abaixo um trecho da visita de Kanye West na Rolling Stone EUA: