Karina Buhr e o novo álbum

Cantora falou à Rolling Stone Brasil a respeito do sucessor de Eu Menti Pra Você, previsto para outubro

Bruno Raphael Publicado em 29/08/2011, às 10h37 - Atualizado às 17h45

"Uma coisa concreta que muda é que este [disco] já foi gravado direto com formato de banda rock and roll", contou Karina à <i>Rolling Stone Brasil</i>, sobre o novo disco
Duda Vieira/Divulgação

Karina Buhr já tinha história na nova MPB antes mesmo de ser considerada uma revelação. Ex-integrante de bandas como Comadre Fulozinha e Eddie, a cantora obteve reconhecimento após o lançamento de seu primeiro disco solo, Eu Menti Pra Você, eleito o 3º melhor disco nacional de 2010 pela Rolling Stone Brasil. Ela ficou atrás apenas de Efêmera, de Tulipa Ruiz, e Feito Pra Acabar, de Marcelo Jeneci, também tidos como emergentes na cena musical independente.

Leia textos das edições anteriores da Rolling Stone Brasil - na íntegra e gratuitamente!

Karina falou à Rolling Stone Brasil sobre o processo de composição que levou ao seu segundo álbum solo, que tem previsão de lançamento para outubro, pela Microservice. "Já tinha todas as músicas prontas antes de começar a fazer os arranjos", conta Karina. "De 15 canções, fechamos com 11. Essa 11ª estava na berlinda, eu havia dito que seriam dez, mas essa última vai entrar no disco."

Falando pela primeira vez sobre suas opiniões acerca do novo trabalho, Karina ainda se mostra insegura em relacionar as diferenças entre Eu Menti Pra Você e o novo disco. "É a coisa mais difícil de eu falar", diz a cantora. "Uma coisa concreta que muda é que este já foi gravado direto com formato de banda rock ‘n’ roll, com Catatau [Cidadão Instigado] e Edgard Scandurra [ex-Ira!] na guitarra. No Eu Menti Pra Você eles já participavam, mas esse formato de show levou a esse próximo disco, mais barulhento. Mas não se distancia da pegada maracatu, é música brasileira."

Produzido por Bruno Buarque, Mau Pregnolatto e pela própria Karina, o disco teve sua mixagem finalizada recentemente e ainda não tem um nome oficial. "Pensei em vários e vou decidir esses dias, acabo deixando sempre pra última hora", revela Karina. "Fiquei ouvindo o disco até sair esse nome, mas ainda não pensei. Vai que eu falo algo e depois é uma coisa totalmente diferente! [risos]."

Recentemente, Karina fez uma participação no disco Bambas Dois, projeto ainda inédito do produtor BiD, com previsão de lançamento para setembro. No disco, Karina faz um dueto com o músico jamaicano Oku Onuora em "Lehá Dodi", canção composta especialmente para o trabalho. "Sempre que rola esse tipo de coisa é legal", diz Karina. "Achei maravilhoso juntar a galera de lá, trazer o reggae e misturar com o baião foi bem especial."

Com experiência no teatro, a cantora diz que a veia artística influencia diretamente na sua performance ao vivo e em estúdio. "Não tem como não levar isso pra tudo que você faz. Mas não fico: 'Ai, vou fazer uma performance'", conta Karina. "Fiz umas gravações meio quieta e à medida que o show foi ganhando forma, isso [a influencia teatral] foi aumentando mais, mas é uma coisa inconsciente, vai de acordo com a música."

Sendo assim, Karina crê na continuação natural do trabalho de Eu Menti Pra Você na nova empreitada. "Pelo lado do som, é outra coisa. É 'primo', vai [risos]", brinca a cantora. "Às vezes acho que falando, estou confundindo em vez de explicar. É melhor ouvir o disco."