Katherine Jackson quer integrar ação judicial contra o espólio de Michael Jackson

A mãe do Rei do Pop afirma que não tem sido consultada nas tomadas de decisão da empresa

Redação Publicado em 25/02/2017, às 11h00 - Atualizado às 12h37

Katherine Jackson poderá seguir em frente com seu processo contra a AEG Live, mas deve apresentar provas nos próximos 20 dias
AP

A mãe de Michael Jackson, Katherine Jackson, entrou na justiça para participar de uma ação judicial contra os executores do espólio do Rei do Pop.

Em sua primeira grande entrevista, Paris Jackson, filha de Michael Jackson, discute o sofrimento do pai e reflete sobre como encontrar a paz depois do vício e da depressão

Na ação inicial, que corre desde 2013, os ex-parceiros de Jackson Broderick Morris, Qadree El-Amin, Adean King e Raymone Bain afirmam que o cantor havia prometido a eles um total de 15% da empresa.

Apesar de Katherine Jackson ser dona de 10% da Michael Jackson Company e um papel ativo nas decisões da companhia desde que o filho dela morreu, em 2009, ela declarou em um processo iniciado na Corte da Califórnia no início de fevereiro que questões importantes acerca do espólio foram resolvidas sem que ela fosse consultada.

Os réus, John Branca e John McClain, são os executores do espólio de Michael. Foi marcada uma audiência para 19 de abril, em Los Angeles. Nela, ficará determinado se Katherine poderá se envolver com o processo que já está em andamento.