Keanu Reeves diz que não há muitas chances da continuação de Bill e Ted ser realizada

O ator disse que a produção entrou em um “período negro”

Rolling Stone EUA Publicado em 12/09/2013, às 19h01 - Atualizado às 19h35

Atores estreando como diretores (galeria) - Keanu Reeves
AP

Fãs de Bill e Ted, é hora de encarar a realidade: o terceiro filme da clássica comédia sobre viagem no tempo continua sendo uma possibilidade, mas o ator Keanu Reeves diz que o projeto entrou em um “período negro”.

Reeves, que interpretou Ted Logan nos dois primeiros filmes, falou recentemente com a MTV norte-americana a respeito do projeto e deu alguns detalhes vagos, mas negativos.

"Há muitos subterfúgios e teorias da conspiração”, disse Reeves, que afirmou que existe um roteiro, mas que “há algo obscuro” por aí que tem impedido a ideia de ir para frente. “É aquela parte da história em que não parece promissor", ele disse. “É o período negro da ideia”.

Alex Winter, que estrelou o longa ao lado dele, encarnando Bill nos longas originais, falou com o site MTV News em março e deu uma estimativa bem mais positiva e menos enigmática.

"Não tem nenhum drama”, ele disse. “Não tem problemas legais, não tem nada. Tem eu, Keanu, [os roteiristas] Chris Matheson e Ed Solomon, o grupo original. Criamos uma história. Eles fizeram um roteiro, no qual estamos mexendo para que ele fique perfeito. Aí vamos conseguir o dinheiro e rodar. E é só isso.”