Lady Antebellum e Arcade Fire se destacam no Grammy 2011

Grupo de Nashville levou cinco prêmios, enquanto a banda canadense faturou o disputado título de melhor álbum do ano com The Suburbs

Da redação Publicado em 14/02/2011, às 11h32

Arcade Fire recebendo o maior prêmio da noite, o de álbum do ano

Ver Galeria
(15 imagens)

Os canadenses do Arcade Fire desbancaram nomes como Katy Perry e Lady Gaga e levaram o prêmio de álbum do ano na 53ª edição do Grammy, realizada no último domingo, 13, no Staples Center, em Los Angeles, Califórnia. O, grupo, que perdeu os outros dois troféus a que concorria, fez sua estreia tocando no palco da premiação minutos antes de faturar, graças ao disco The Suburbs, o gramofone dourado mais disputado da noite.

Porém, o grande vencedor do Grammy 2011 foi mesmo o Lady Antebellum. Duas das principais categorias, canção do ano e gravação do ano, ficaram com o grupo de Nashville, que também ganhou os prêmios de melhor performance country de um duo ou grupo com vocais e melhor canção country, tudo graças ao hit "Need You Now". O disco homônimo que ele integra saiu campeão da categoria melhor álbum country. Além do destaque para o Lady A., como o trio é conhecido, o country, em geral, teve um bom espaço, tanto nos shows, como na lista de ganhadores.

Eminem, que liderava as indicações, com dez, levou os prêmios de melhor álbum de rap (Recovery) e melhor performance solo de rap ("Not Afraid").

Os brasileiros Sergio Mendes e Bebel Gilberto, que concorriam ao melhor álbum de world music (ela por All in One e ele por Bom Tempo) não foram contemplados com o cobiçado gramofone. Quem venceu foi Béla Fleck com Throw Down Your Heart , Africa Sessions Part 2: Unreleased Tracks.

Ao contrário do que aconteceu em muitas premiações nos últimos 12 meses, Justin Bieber não foi eleito o artista revelação do ano, perdendo para a baixista e cantora de jazz Esperanza Spalding. Porém, ainda assim, as surpresas não foram tantas nas outras categorias de grande relevância. Lady Gaga abocanhou os troféus de álbum pop (The Fame Monster) e performance pop feminina ("Bad Romance") e o Muse ficou com o de álbum rock (The Resistance).

Com uma grande quantidade de prêmios, o Grammy diferencia-se da maior parte de outras premiações dividindo-se em duas partes. Primeiramente, a maioria dos prêmios foram anunciados em um local anexo ao Staples Center enquanto os artistas chegavam, exibiam suas escolhas de figurino e eram clicados pelos ávidos fotógrafos no tapete vermelho. Esta etapa da cerimônia não foi exibida pela CBS, emissora norte-americana que transmitiu o Grammy, mas pôde ser vista online no site da premiação. Às 23h (horário de Brasília), teve início a cerimônia principal do Grammy Awards, esta televisionada, com a entrega dos gramofones nas categorias principais e as aguardadas performances.

A noite começou com o encontro inédito de Christina Aguilera, Jennifer Hudson, Martina McBride, Yolanda Adams e Florence Welch, que fizeram um animado tributo à Aretha Franklin, cantando um medley dos maiores hits imortalizados na voz da cantora, entre eles "Respect" e "(You Make Me Feel Like) A Natural Woman". Ao final, foi exibido um vídeo gravado previamente em que Aretha, que se recupera de uma cirurgia, agradeceu pela homenagem.

Já conhecida por seu comportamento sempre inusitado, Lady Gaga se superou no quesito entrada triunfal. Não se contentou em chegar ao evento em uma limousine, como é de costume para a maior parte das celebridades: ela cruzou o tapete vermelho dentro de uma espécie de "casulo", onde ficou presa apenas com seu celular e com direito a sair de tempos em tempos para conseguir respirar direito. Tudo porque foi durante a noite do Grammy que ela fez a tão anunciada primeira performance ao vivo de "Born This Way" (ou, em uma tradução livre, "nascida desta forma", daí a ideia de surgir de dentro de um ovo). Após ser chamada ao palco por Ricky Martin e recebida por uma plateia empolgada, Gaga, ainda dentro de seu casulo, começou a apresentação da faixa. Ela e seus bailarinos, todos de bege, foram perdendo partes do figurino ao longo da performance, até ficarem de roupas íntimas. Posteriormente, ao receber o gramofone de melhor álbum pop do ano (The Fame Monster), ela agradeceu a Whitney Houston pela insipiração para escrever a faixa, explicando que imaginava Whitney cantando a canção por não conseguir pensar nela mesma como uma estrela grande o suficiente para executar tal tarefa.

Em seguida, vieram apresentações da cantora country Miranda Lambert e dos britânicos do Muse, que fizeram uma demonstração grandiosa de "Uprising". B.o.B, Bruno Mars e Janelle Monáe primeiro cantaram juntos "Nothin' on You", de B.o.B. com Mars. Depois, este e Janelle fizeram apresentações separadas.

Justin Bieber subiu ao palco ao lado de Usher após a exibição de um vídeo mostrando um dos primeiros encontros dos dois, ocorrido em 2007, quando o ídolo teen canadense tinha apenas 13 anos e estava tentando alcançar o sucesso nos Estados Unidos. O artista mais velho cedeu o palco ao protegido, que após uma introdução com voz e violão de "Baby", seu maior hit, e a entrada de tambores tocados por ninjas, cantou "Never Say Never", tema do remake de The Karate Kid, com direito a participação de seu protagonista, Jaden Smith. Assim que a música terminou, Usher retornou para apresentar sua "OMG" com Bieber.

Um dos momentos mais esperados da noite foi quando Mumford & Sons, Avett Brothers e Bob Dylan subiram ao palco ao mesmo tempo para cantar o clássico "Maggie's Farm", que foi marcado pela voz falha de Dylan. O grupo country Lady Antebellum se apresentou em seguida e Muppets genéricos, em um dos momentos mais divertidos e criativos deste Grammy, subiram ao palco ao lado de Gwyneth Paltrow e Cee Lo para mostrar uma versão sem palavrões de "Fuck You" (transformada em "Forget You"). Ao piano, Cee Lo, cheio de plumas coloridas, se misturou perfeitamente aos bonecos.

Quem também caprichou no figurino foi Katy Perry, que atravessou o tapete vermelho usando asas de anjo. Já dentro do teatro, do alto de um balanço, cantou "Not Like the Movies". Então, desceu para homenagear os apaixonados no dia de São Valentim (o Valentine's Day, comemorado nesta segunda, 14, e tido como o dia dos namorados nos Estados Unidos) com "Teenage Dream". Keith Urban, John Mayer e Norah Jones cantaram "Jolene", antes de anunciar o prêmio de canção do ano para Lady Antebellum.

A entrada de Eminem com "Love the Way You Lie", apresentada ao lado de Rihanna e Adam Levine, do Maroon 5, foi uma das ocasiões mais celebradas pela plateia presente no Staples Center. Depois do hit, o rapper se juntou à Skylar Grey e Dr. Dre para mostrar ao público a nova música de Dre, "I Need a Doctor".

Após o solene momento que faz parte de todas as cerimônias de premiação, quando presta-se homenagem aos artistas mortos no ano anterior, Mick Jagger, dos Rolling Stones, que subiu ao palco de uma festa do Grammy pela primeira vez, fez, ao lado de Raphael Saadiq, um tributo a um desses músicos, a lenda do soul Solomon Burke.

Depois de Mick, vieram Barbra Streisand, que foi aplaudida de pé, e Rihanna, que voltou a cantar, desta vez ao lado de Drake, apresentando a faixa "What's My Name?" em um palco adornado com fogo. Porém, o final da noite pertenceu ao Arcade Fire. Nos dois último blocos, a banda fez seu grandioso primeiro show no Grammy, seguido de seu discurso de agradecimento pelo título de melhor álbum do ano e, ainda, improvisou mais uma apresentação, que encerrou a transmissão do Grammy 2011.

Abaixo, os concorrentes e os vencedores (em destaque) principais. Para ver os premiados nas 109 categorias, acesse o site oficial do Grammy.

Canção do ano

"Beg Steal or Borrow" - Ray LaMontagne And The Pariah Dogs

"Fuck You" - Cee Lo Green

"The House That Built Me" - Miranda Lambert

"Love the Way You Lie" - Eminem Featuring Rihanna

"Need You Now" - Lady Antebellum

Artista revelação

Drake

Justin Bieber

Esperanza Spalding

Florence + the Machine

Mumford & Sons

Álbum do ano

Arcade Fire - The Suburbs

Eminem - Recovery

Lady Antebellum - Need You Now

Lady Gaga - The Fame Monster

Katy Perry - Teenage Dream

Gravação do ano

Eminem e Rihanna - "Love the Way You Lie"

B.o.B e Bruno Mars - "Nothin' On You"

Jay-Z e Alicia Keys - "Empire State of Mind"

Lady Antebellum - "Need You Now"

Cee Lo Green - "Fuck You"

Álbum pop

My world 2.0 - Justin Bieber

I Dreamed a Dream - Susan Boyle

The Fame Monster - Lady Gaga

Battle Studies - John Mayer

Teenage Dream - Katy Perry

Melhor álbum rock

Jeff Beck - Emotion & Commotion

Muse - The Resistance

Pearl Jam - Backspacer

Tom Petty And The Heartbreakers - Mojo

Neil Young - Le Noise

Melhor álbum de rap

B.o.B - The Adventures of Bobby Ray

Drake - Thank Me Later

Eminem - Recovery

Jay-Z - The Blueprint 3

The Roots - How I Got Over

Performance pop feminina

Sara Bareilles - "King of Anything"

Beyoncé - "Halo"

Norah Jones - "Chasing Pirates"

Lady Gaga - "Bad Romance"

Katy Perry - "Teenage Dream"

Performance pop masculina

Michael Bublé - "Haven't Met You Yet"

Michael Jackson - "This Is It"

Adam Lambert - "Whataya Want From Me"

Bruno Mars - "Just The Way You Are"

John Mayer - "Half Of My Heart"

Melhor performance pop por uma dupla ou grupo

Train - "Hey, Soul Sister"

Elenco de Glee - "Don't Stop Believin' (Regionals Version)"

Maroon 5 - "Misery

Paramore - "The Only Exception"

Sade - "Babyfather"

Colaboração pop

B.o.B, Eminem & Hayley Williams - "Airplanes, Part II"

Herbie Hancock, Pink, India.Arie, Seal, Konono No 1, Jeff Beck & Oumou Sangare - "Imagine"

Elton John & Leon Russell - "If It Wasn't For Bad"

Lady Gaga & Beyoncé - "Telephone"

Katy Perry & Snoop Dogg - "California Gurls"

Melhor performance hard rock

Alice In Chains - "A Looking In View"

Ozzy Osbourne - "Let Me Hear You Scream"

Soundgarden - "Black Rain"

Stone Temple Pilots - "Between The Lines"

Them Crooked Vultures - "New Fang"

Melhor performance metal

Iron Maiden - "El Dorado"

Korn - "Let The Guilt Go"

Lamb Of God - "In Your Words"

Megadeth - "Sudden Death"

Slayer - "World Painted Blood"

Melhor performance rock individual

Eric Clapton - "Run Back To Your Side"

John Mayer - "Crossroads"

Paul McCartney - "Helter Skelter"

Neil Young - "Angry World"

Melhor performance rock por uma dupla ou grupo

Arcade Fire - "Ready To Start"

Jeff Beck & Joss Stone - "I Put A Spell On You"

The Black Keys - "Tighten Up"

Kings Of Leon - "Radioactive"

Muse - "Resistance"

Melhor álbum de R&B

Raheem DeVaughn - The Love & War Masterpeace

Fantasia - Back To Me

Jaheim - Another Round

John Legend & The Roots - Wake Up!

Monica - Still Standing

Melhor álbum de música alternativa

Arcade Fire - The Suburbs

Band Of Horses - Infinite Arms

The Black Keys - Brothers

Broken Bells - Broken Bells

Vampire Weekend - Contra