Lady Gaga responde a autoridades russas: “Por que não me prenderam quando tiveram a chance?”

Cantora, assim como Madonna, foi ameaçada de processo por violações de leis de visto

Redação Publicado em 06/08/2013, às 12h08 - Atualizado às 13h44

Galeria looks Lady Gaga - Don't Ask Don't Tell
AP

Lady Gaga respondeu as alegações do governo russo, que na semana passada afirmou que a cantora poderia ser processada por violar termos de visto ao se apresentar no país. Em um post no Facebook usado para expressar seu apoio à comunidade LGBT russa, Gaga concluiu com uma questão: “Por que vocês não me prenderam quando tiveram a chance, Rússia?”

Benfeitores da música: dez artistas que dedicam tempo e dinheiro a causas humanitárias.

As autoridades do país afirmaram que tanto Gaga como Madonna receberam visto de “intercâmbio cultural”, que não permitia atividades comerciais, como um show. O governo começou investigação contra as cantoras depois de uma reclamação de um legislador de São Petersburgo que também criou a controversa lei antigay criticada pelas cantoras durante passagem pelo país.

Oito coisas que já sabemos sobre ARTPOP, novo disco de Lady Gaga.

“Mando coragem aos LGBTs na Rússia”, escreveu ela. “Este aumento do abuso do governo é arcaico. Jogar spray de pimenta em adolescentes? Violência? Mãe Rússia? O governo russo é criminoso. Opressão tem que ser confrontada com revolução. LGBTs russos, vocês não estão sozinhos. Vamos lutar pela liberdade de vocês.”