Larry Wilmore substituirá Stephen Colbert na Comedy Central

Correspondente do Daily Show apresentará The Minority Report With Larry Wilmore

ROLLING STONE EUA Publicado em 10/05/2014, às 13h14 - Atualizado às 13h57

.
Frank Micelotta/AP

A Comedy Central nomeou o sucessor de The Colbert Report à medida que Stephen Colbert se prepara para assumir o The Late Show. O canal anunciou nesta sexta, 10, que o comediante Larry Wilmore ocupará o horário com o programa The Minority Report With Larry Wilmore.

Stephen Colbert é anunciado como sucessor de David Letterman no Late Show.

Assim como Colbert, Wilmore fez várias aparições no The Daily Show e, desde 2006, ele atuou como correspondente do programa. O roteirista vencedor do Emmy já escreveu para séries como Um Maluco no Pedaço, In Living Color, The Jaime Foxx Show e colaborou na criação de The Bernie Mac Show e The PJs. Ele também será o produtor executivo da nova sitcom da ABC, Black-ish.

The Minority Report promete um ponto de vista distinto e uma nova leitura cômica das notícias diárias, de acordo com a Comedy Central. O programa deve começar em janeiro do ano que vem e será produzido pela Busboy Productions, de Jon Stewart.

“Estou mais do que animado para dar continuidade ao meu relacionamento com a Comedy Central e o brilhante Jon Stewart”, disse Wilmore em um comunicado. “Eu amo a cidade de Nova York e prometo só usar a caminha camisa do Lakers por baixo de outras roupas”, brincou.

Menos de uma semana depois de David Letterman anunciar sua aposentadoria do The Late Show no começo de abril, a CBS divulgou Stephen Colbert iria substitui-lo. Colbert assinou um contrato de cinco anos com a emissora e entrará em cena depois da despedida de Letterman em 2015, que ainda não tem data definida.

Até hoje, Letterman gravou quase seis mil episódios do programa, foi indicado a 108 prêmios Emmy e venceu oito. Quando o contrato terminar, ele terá passado 22 anos como apresentador do Late Show, além de 11 à frente do Late Night – isso soma três a mais em comparação ao tempo que Johnny Carson esteve à frente do The Tonight Show.