Lily Allen denuncia seguidor que mandou mensagem racista no Twitter

Cantora retuitou ofensa enviada por homem que afirma ser do exército britânico e encaminhou queixa ao Ministério da Defesa

Redação Publicado em 11/07/2012, às 13h20 - Atualizado às 13h21

Lily Allen está finalizando musical - provavelmente, baseado em O Diário de Bridget Jones
AP

Lily Allen é bastante presente no Twitter, e mostrou que realmente leva o microblog a sério ao denunciar um usuário que lhe enviou uma mensagem preconceituosa. Harry Wilson, que, segundo seu perfil, é soldado do exército britânico, ironizou os rumores de que a cantora estaria adotando uma criança.

Leia textos das edições anteriores da Rolling Stone Brasil – na íntegra e gratuitamente!

“Desejo o melhor para sua nova família, acabei de ver que você comprou merda, digo, adotou uma criança da África” – foi o que enviou Wilson em mensagem retuitada por Lily antes que ela postasse: “Como se denuncia alguém aqui? Aquele cara que eu retuitei deve ser banido”. As mensagens originais foram logo excluídas.

As postagens provocaram grande repercussão na rede social, tanto a favor como contra a cantora, que por sua vez encaminhou a queixa ao Ministério da Defesa.

“Racismo de qualquer tipo é completamente inaceitável e temos tolerância zero em relação a qualquer tipo de discriminação”, afirmou um porta-voz do exército, segundo o jornal britânico Mirror.

Há boatos de que Lily Allen estaria grávida de seu segundo filho com o marido, Sam Cooper. Ethel Mary, o primeiro fruto da relação, nasceu em novembro do ano passado.