Lollapalooza 2018: Mallu Magalhães faz show intimista, com clima de festinha em casa

Performance foi curta e corrida, e deixou o público com vontade de mais

Fernanda Talarico Publicado em 23/03/2018, às 18h40 - Atualizado em 24/03/2018, às 17h28

Mallu Magalhães no Lollapalooza 2018
Mila Maluhy e M Rossi/Divulgação

Trajando um vestido branco e seus indefectíveis sorriso e eterno ar jovial, Mallu Magalhães se apresentou nesta sexta-feira, 23, no palco Axe do Lollapalooza. Descontraída, a paulista de 25 anos só fez 40 minutos de um show bem intimista, com ares de quem se divertia e cantava para amigos. Muita água já rolou desde aquele longínquo 2012, quando a cantora ficou bem nervosa e chegou a chorar no palco do festival Planeta Terra.

Apesar de às vezes contar com uma rejeição forte na internet, Mallu estava jogando um jogo ganho no Lollapalooza. A plateia estava atenta e olhava para o palco com admiração, acompanhando com atenção todas as 12 músicas tocadas.

Mallu cantou faixas do novo disco, Vem, como "Culpa do Amor” e "Pelo Telefone". Quando lembrou "Mais Ninguém", da Banda do Mar, grupo que formou com o marido, Marcelo Camelo, em 2014, a plateia vibrou e cantou junto, batendo palmas no ritmo; Parecia mesmo uma reunião em casa. O cenário, com gravuras asiáticas e pássaros japoneses da sorte, os tsurus, chamavam atenção com cores brilhantes e animações.

Quando foi anunciado o final do show, a plateia não aceitou e pediu mais. Mallu respondeu: “Acho que não vai dar tempo... dá?” Não deu. "Não consigo nem apresentar a banda. Mas foi maravilhoso!", derreteu-se a cantora. Ela saiu em meio a aplausos, sorrisos e pedidos de quero mais.

Acompanhe a cobertura do Lollapalooza 2018 pelas nossas redes sociais: estamos no Twitter (@rollingstonebr), Facebook (/rollingstonebrasil) e Instagram (@rollingstonebrasil), com resenhas e fotos e stories dos melhores momentos dos shows.

Leia também