Macaco Bong no SWU

Trio instrumental fez boa apresentação no primeiro dia do festival

Por Bruna Veloso Publicado em 10/10/2010, às 03h06

Macaco Bong no SWU

Ver Galeria
(3 imagens)

O trio instrumental Macaco Bong foi a segunda atração do Palco Ar, no festival SWU. A banda de Cuiabá, que há cerca de dois anos era pouco conhecida fora do circuito independente, continua com as raízes fincadas fora do mainstream - mas agora, goza da oportunidade de poder se apresentar em um palco como o do festival, que em sua primeira edição, já se configura como um dos maiores do país.

Os integrantes mostraram faixas do único disco de estúdio, Artista Igual Pedreiro. O público, ainda dispersado pela enorme Arena Maeda, em Itu, começou aos poucos a se aproximar do palco ao som da guitarra marcante de Bruno Kayapy, um virtuose no instrumento. Mesmo com o som sem vocais, ele e seus companheiros Ynaiã Benthroldo (bateria) e Ney Hugo (baixo) conseguiram chamar atenção, graças a músicas pesadas e, ao mesmo tempo, melodiosas, como "Fuck You Lady". Ney agradeceu o público e aproveitou para fazer menção ao Mato Grosso, convidando a todos a participar do festival independente Calango, que acontece em novembro, e que a banda ajuda a organizar.

Assista abaixo a um trecho do show e, em seguida, a vídeo no qual os Bruno e Ynaiã falam sobre os planos da banda:

Só galochas

O público veio preparado: com a possibilidade de chuva, o que se vê pela Arena Maeda é um mar de gente de galochas das mais variadas cores. Mas, por enquanto, não há lama no lugar. Apesar do céu fechado, a chuva ainda não apareceu - e, no começo da tarde, o sol chegou a surgir timidamente, dando lugar a um arco-íris durante a apresentação dos também indies Black Drawing Chalks.

Pista Vip

Conforme prometido por Eduardo Fischer, a pista Vip tem um tamanho razoável - a assessoria não tem números exatos, mas é possível dizer que ela parece ter metade do espaço reservado à área Vip em shows de estádio, como o do Bon Jovi, realizado no último dia 6, em São Paulo.